Pesquisador afirma que a maioria das pessoas está fazendo isso errado; veja qual é o melhor jeito de assoar o nariz sem colocar sua saúde em risco

Um simples ato como assoar o nariz pode colocar outras partes do seu organismo em risco, afirma estudioso
Getty Images
Um simples ato como assoar o nariz pode colocar outras partes do seu organismo em risco, afirma estudioso

Prestes à chegada do inverno, o fungar dos narizes é comum. É nessa época do ano que a gripe ataca mais forte e é normal encontrar muita gente resfriada em todos os lugares. Com o nariz congestionado, é quase que impossível evitar assoar o nariz, que funciona como uma ação automática. Mas será que você está fazendo isso da maneira correta?

Leia também: Café, exercícios e assoar o nariz são gatilhos de derrame

Parece estranho, mas o modo como se assoa o nariz pode estar prejudicando – ainda mais – a sua saúde. É isso que aponta um professor sênior da Universidade de Queensland, David King, que acredita que a maioria das pessoas está fazendo isso de maneira equivocada.

Para ele, ao fazer pressão para se livrar da secreção, outros órgãos podem ser afetados. O pesquisador explica que a quantidade de força depositada para expelir o muco nasal prejudica outras partes do corpo.

"Na maioria dos casos, as pessoas que já tem sinusite crônica subjacente ou alguma fraqueza existente no organismo, acabaram agravando a situação depois de assoar com muita força", explicou ele.

King conta que em algumas situações, pacientes já chegaram a fraturar a base de seus focos oculares, tiveram fortes dores de cabeça e levaram o ar para dentro do tecido entre os dois lobos do pulmão.

Outra parte do corpo pressão pode danificar é a garganta. De acordo com o professor, quando pessoas tentam limpar o muco com muita força não só causa irritação, mas também há chance de mover a secreção para a garganta provocando acessos de tosse.

Leia também: Insulina injetada pelo nariz pode melhorar Alzheimer e demência senil

Como fazer da forma correta

"Se você tem muco no nariz, ou sofre de coriza, provavelmente é melhor empurrar essa substância para fora”, admite King. Mas, para evitar que esses problemas aconteçam, o ideal, segundo o professor, é expelir o líquido suavemente ou então limpar uma narina de cada vez, diminuindo a força ao assoá-las individualmente.

“Em casos de formação constante de secreção, o uso de medicamentos em tratamentos adequados pode diminuir a necessidade de assoar com tanta força para ter aquela sensação de limpeza”, afirmou King.

Nessas situações, o recomendado é a utilização de descongestionantes, pulverizadores nasais que realizem uma técnica chamada aspiração nasal, que é quando você aplica soro líquido no nariz para eliminar o muco e os detritos.

Leia também: Como atenuar crises de alergia

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.