Como ter uma dieta saudável sem gastar demais

Ao contrário do que muitos pensam, comer para nutrir bem o corpo não precisa ser caro. Veja dicas para economizar

Tatiana Tavares , especial para o iG São Paulo

Getty Images
Economia doméstica: comprar apenas o que está na lista e não ir ao supermercado com fome são duas regras de ouro

Uma das desculpas mais comuns dada por pessoas que querem fugir de uma dieta balanceada é o custo dos itens que fazem parte de uma alimentação considerada saudável.

Nem sempre, no entanto, é necessário aumentar a conta do supermercado para manter uma dieta equilibrada rica em nutrientes.

Siga o iG Saúde no Twitter

Entre as dicas, estão priorizar as frutas da estação, que têm preço inferior às de outras épocas, e saber aproveitar melhor os alimentos. Confira as sugestões das nutricionistas:

Lave, corte e embale em casa

Embalagens de saladas, frutas ou carnes em pequenas porções são realmente práticos, mas podem dobrar o custo de um produto. Não adianta: se você quer economizar sem abrir mão da saúde, a dica é fazer tudo em casa. Em vez de comprar aquela alface lavadinha, pronta para colocar no prato, compre o pé inteiro e...mãos à obra!

Troque a carne por outros tipos de proteína

Sim, a carne é um dos itens mais caros da cozinha brasileira. Mas para manter o aporte necessário de proteína, não é preciso recorrer a ela todo santo dia. Segundo a nutricionista Paula Zubiaurre, do Centro da Obesidade e Síndrome Metabólica do Hospital São Lucas da PUCRS, é possível encontrar boas fontes de proteína em alimentos como ovos, leite, iogurte, queijo, soja, grão-de-bico, feijão, ervilha, lentilha, queijo de soja (tofu), leite de soja e arroz integral.

Faça seu próprio suco

O jeito mais barato de beber sucos é fazê-los a partir da própria fruta – sucos industrializados custam caro e não são frescos como os feitos na hora. Essa é a dica da nutricionista Gabriela Maia, do Rio de Janeiro. Veja o exemplo: com um pedaço grande de melancia ou um abacaxi inteiro é possível fazer vários copos da bebida. Segundo Gabriela, deve-se evitar os sucos em pó, normalmente baratos, pois eles contêm somente 1% de fruta – os outros 99% são de corantes artificiais, aromatizantes, adoçantes e outros aditivos que não fazem nada bem ao organismo. Leia: 10 sucos para você ficar mais bonita e saudável

Programe-se e vá à feira

A nutricionista Milene Pufal, do Centro da Obesidade e Síndrome Metabólica do Hospital São Lucas da PUCRS, lembra que as feiras são ótimos momentos para se comprar frutas e verduras a bons preços, principalmente ao final, durante a famosa xepa, quando os valores são ainda mais reduzidos. Priorizar os ingredientes da época também ajuda economizar e ainda garante mais frescor na dieta.

“Fique atento também para os dias de promoção no supermercado que você frequenta. Geralmente, há uma grande variedade de alimentos com preços bem em conta”, diz ela. Leia: Aposte nos produtos da estação

Faça em casa e faça mais saudável

Almoçar na rua todos os dias pode representar um peso no orçamento, e comer sempre sanduíche ou comidas pré-prontas não são as melhores opções para a saúde. Por isso, a dica da nutricionista Gabriela Maia é preparar a comida em casa e levar para o trabalho em um pote de vidro. Caso não haja local para esquentar o alimento, é possível optar por saladas – uma salada bem feita e com uma boa apresentação é tão irresistível como um prato em um restaurante. Leia: Como preparar uma marmita saudável

Não jogue as cascas no lixo

Muitas frutas e verduras podem ser aproveitadas por completo, incluindo a casca. É o caso, por exemplo, do pepino. Veja dicas da nutricionista Gabriela Maia:

  • Casca de pepino: apresenta mais potássio do que a polpa. A dica é misturá-la em sucos ou em saladas
  • Folhas da couve-flor: 100g de folha de couve-flor contêm 122mg de vitamina C, o que é quatro vezes o mesmo volume contido na polpa da laranja. Essas folhas podem ser refogadas e servirem de acompanhamento para o frango, o peixe ou a carne
  • Casca da limão: é rica em fibras, contendo cerca de 6,7g. Ela pode ser utilizada em sucos, vitaminas e geleias, além de dar um gosto especial em algumas receitas de bolo
  • Semente de melão: cheia de cálcio, pode ser utilizada em sucos e vitaminas

Leia mais: Como aproveitar bem frutas, verduras e legumes

Prepare-se para comprar

Você já deve ter experimentado ir às compras com fome e sabe que essa não é a melhor decisão. Com fome, acabamos comprando mais do que precisamos. Por isso, a melhor dica para economizar é fazer uma lista antes de ir às compras, e segui-la à risca.

Outra alternativa que pode valer a pena é se associar a lojas que vendem por atacado. Muitas vezes elas conseguem oferecer os mesmos produtos dos outros supermercados por preços inferiores, mas em maiores quantidades. Algumas opções são: Sam’s ClubMakro e Maxxi.

Siga lendo notícias de alimentação e bem-estar

Leia tudo sobre: alimentaçãodietacomo economizarsaúde

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG