10 alimentos que incham a barriga

Por Elioenai Paes , iG São Paulo

compartilhe

Tamanho do texto

É possível aliviar o desconforto abdominal evitando alimentos que causam gases e má-digestão. Saiba quais são eles

O inchaço abdominal é uma queixa comum, especialmente entre as mulheres. O problema pode ter várias causas, sendo as mais frequentes a prisão de ventre e a digestão de determinados alimentos.

O brócolis é um dos alimentos que provocam gases abdominais
Thinkstock/Getty Images
O brócolis é um dos alimentos que provocam gases abdominais

A nutricionista Ingrid Bigotto, da OligoFlora, explica que a prisão de ventre independe da faixa etária e do sexo e gera um excesso de produção de gases, causado pela fermentação de bactérias intestinais.

Leia: Vença a prisão de ventre comendo!

Alguns dos alimentos, como o feijão, cerveja, leite, milho, brócolis, repolho, couve-flor, cebola, alho, entre outros, são mais fermentativos e causam gases.

Ingrid explica que é preciso, portanto, melhorar o funcionamento do intestino para reduzir a quantidade de gases. A ingestão de alimentos integrais, frutas e folhas, além de 2 litros de água diários são medidas simples, mas eficazes no combate ao problema.

Leia mais: Veja como substituir os alimentos que "dão barriga" de sua dieta

Conheça alguns alimentos que geram gases e provocam inchaço na barriga:

Alho. Foto: Getty ImagesBrócolis. Foto: Thinkstock/Getty ImagesCebola. Foto: Getty ImagesCouve-flor. Foto: Getty ImagesRepolho. Foto: Getty ImagesFarinhas integrais. Foto: Getty ImagesMilho. Foto: Getty ImagesLeite desnatado. Foto: Getty ImagesCerveja. Foto: Getty ImagesFeijão. Foto: Getty Images

Para quem sofre de má-digestão, a recomendação da nutricionista é evitar os alimentos gordurosos, não exagerar nas porções de carnes, embutidos, leites e derivados, além de dar preferência às frutas e hortaliças.

“O abacaxi é uma boa opção de sobremesa, pois na fruta há presença da enzima bromelina, que auxilia na digestão. Chás como angélica, espinheira-santa, anis e erva-doce também ajudam na digestão. Para o período menstrual, chás de mentrasto, poejo e agoniada também podem auxiliar”, recomenda Ingrid.

“Pessoas que trataram uma infecção intestinal com antibióticos podem levar um bom tempo para normalizar a flora intestinal e ficarem menos propensas à produção exagerada de gases”, diz Ingrid, ressaltando que, ao longo do tempo, tudo se normaliza.

“É preciso seguir uma alimentação adequada, recolonizar o intestino com as chamadas bactérias boas, e adequar fibras e água na alimentação”, orienta.

Entenda: O que são prebióticos e probióticos

A nutricionista Carolina Arbache, especialista em Nutrição Esportiva e Estética com Ênfase em Wellness da Natue, explica que nunca é normal sentir desconforto abdominal e inchaço.

“Se isto ocorre com frequência, é um sinal que o organismo não está com a digestão e o intestino em dia, e a causa deve ser investigada”.

Vale lembrar que, se o inchaço não for resolvido com a alimentação, a ajuda médica é indispensável.

“Ele pode ser causado por outras situações, como retenção de líquidos, frequente na mulher em período menstrual, e até problemas mais sérios, como insuficiência hepática, doenças inflamatórias intestinais, câncer e outros”, explica Ingrid.

Leia mais notícias de alimentação e bem-estar

Leia tudo sobre: saúdealimentaçãoprisão de ventregasesmá-digestão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas