10 erros que lhe impedem de emagrecer

Por iG São Paulo

compartilhe

Tamanho do texto

Ser radical demais e fazer jejum por períodos prolongados é um tiro no pé; dieta monótona também; veja outros erros

Ano novo, resolução renovada: perder o excesso de peso adquirido nos banquetes de fim de ano e até mesmo aqueles outros quilinhos que foram se acumulando ao longo do ano. A intenção é boa, mas é preciso saber que alguns erros atrapalham e atrasam toda a dedicação que uma pessoa pode ter em uma dieta. Ficar sem comer por um longo período, por exemplo, só atrapalha o metabolismo e sinaliza para o organismo a poupar tudo o que é consumido depois. Incrementar pratos saudáveis, como uma couve flor, com ingredientes calóricos, como queijos, creme de leite e muito óleo só acrescenta calorias e dificulta o emagrecimento.

Veja erros que atrapalham sua dieta:

1. Não comer de três em três horas: um dos principais erros. Se não seguir essa regra, o organismo entende que deve estocar gordura, pois não sabe quando receberá comida de novo. Comer nesse intervalo ajuda a acelerar o metabolismo. Lembre-se de comer em pequenas quantidades. Foto: Thinkstock/Getty Images2. Pular a entrada das refeições: atenção, isso não quer dizer que você pode comer todos os petiscos antes de uma refeição, mas sim que consumir salada antes do prato principal faz você comer menos - e emagrecer. Foto: Thinkstock/Getty Images3. Cortar o doce totalmente: a curto prazo, até funciona, mas praticamente ninguém consegue manter uma disciplina assim a longo prazo. Quando der vontade de comer doce, prefira o chocolate amargo (40g), que, além de controlar a vontade, carrega antioxidantes ótimos para o organismo. Foto: Thinkstock/Getty Images"Engordar" os alimentos: a couve-flor, por exemplo, carrega 25 calorias a cada 100 gramas. Acrescida de óleo, creme de leite e queijos amarelos, no entanto, fazem as calorias se multiplicarem. Foto: Getty Images5. Ir dormir com fome: quem dorme com fome tem tendência a exagerar no café da manhã, preferindo alimentos calóricos para tentar suprir a necessidade da noite anterior. O ideal é um lanche leve, sempre recomendado pelo nutricionista. Foto: Getty Images/Thinkstock6. Dizer adeus à dieta nos finais de semana: o que vai acontecer é simplesmente anular todo o esforço da semana. Um nutricionista saberá dizer, de acordo com o seu tipo físico, se você pode ter alguma refeição livre durante a semana. Lembre-se, é preciso disciplina e dedicação para perder peso. Foto: Getty Images7. Não procurar orientação nutricional: isso é importante, afinal, as necessidades calóricas de cada pessoa são individuais. Se você resolver usar a dieta da vizinha, pode ser que não emagreça e, o pior, até engorde. Não dá para brincar com o metabolismo: um nutricionista saberá indicar a melhor dieta para sua altura, IMC e necessidades diárias. Foto: Thinkstock/Getty Images8. Comer à vontade: não é por que um alimento é saudável que você deve consumi-lo em quantidades exageradas. Todos eles contêm calorias que, em excesso, podem acabar com a dieta. Foto: Thinkstock/Getty Images9. Dietas monótonas ou restritivas: gosta de cenoura? Ótimo, mas não consuma só esse tipo de verdura todos os dias, a chance de enjoar é muito grande. Além disso, um tipo de alimento só não compreende todas as vitaminas necessárias. Variar nas saladas e outros alimentos é fundamental. Foto: Thinkstock/Getty Images10. Pular o café da manhã: é um dos piores erros, já que o café da manhã garante saciedade e controla a compulsão por alimentos até o final do dia. Prefira consumir alimentos integrais nesse período. A aveia é uma excelente opção, mas lembre-se sempre de variar para não enjoar de um alimento. Foto: Thinkstock/Getty Images


Leia mais notícias de saúde

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas