Alimentação

enhanced by Google
 

Azeite de oliva e frutas secas diminuem lesões no coração

Pesquisa mostra que dieta mediterrânea reverte aterosclerose em um ano

EFE | 31/08/2011 10:28

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Foto: GettyImages/Thinkstock Ampliar

Pesquisa mostra que consumo de azeite ajuda a reduzir placas de gordura no coração após um ano de dieta

Uma dieta mediterrânea enriquecida com azeite de oliva virgem e com frutas secas pode reverter a aterosclerose nas artérias carotídeas em um ano, segundo teste da Universidade de Navarra (Espanha) e outros 19 centros espanhóis, com 187 voluntários.

Saiba o que é a aterosclerose

O catedrático Miguel Angel Martinez Gonzalez, que dirige o departamento de Medicina Preventiva desta universidade, responsável pelo estudo, considera que a dieta é capaz de conseguir em um ano o que não se consegue com remédios em dois anos, informou nesta quarta-feira o centro acadêmico em comunicado.

Os participantes da experiência, maiores de 55 anos e com alto risco cardiovascular, se dividiram em três grupos aleatórios, dois dos quais receberam instruções detalhadas dos nutricionistas sobre como seguir a dieta mediterrânea adequadamente.

Veja um especial sobre escolhas saudáveis

Um dos grupos que seguia o padrão de dieta mediterrânea recebeu 15 litros de azeite de oliva virgem a cada três meses, enquanto aos outros foram oferecidas frutas secas, com a ideia de que os voluntários consumissem 30 gramas ao dia de nozes, amêndoas e avelãs. O terceiro grupo recebeu simplesmente instruções e material para seguir uma dieta baixa em gordura. Foi medida a espessura da camada média da artéria carótida de todos os participantes, uma vez no início do estudo e outra após um ano.

"Observamos que os que já tinham aterosclerose antes do estudo, tiveram a camada média da artéria engrossada, o que significa uma melhora considerável, e as pessoas que seguiram a dieta mediterrânea enriquecida com azeite de oliva virgem ou frutas secas, tiveram uma regressão das lesões", informou Martin-Gonzales.

No entanto, o médico afirma que esta melhora não se deu entre os que não apresentavam um engrossamento da parede da artéria no começo do estudo.

Continue lendo

Foto: Thinkstock Photos Ampliar

Frutas e verduras folhosas fazem parte da dieta mediterrânea

 

Os segredos da dieta mediterrânea
Especialista afirma que o estilo de alimentação é responsável pela melhor qualidade de vida

 

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG

Ver de novo