Alimentação

enhanced by Google
 

Carboidrato e proteína são essenciais para os exercícios

Suplementos podem compensar má alimentação, mas é preciso orientação para acertar a quantidade

Bruno Folli, iG São Paulo

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Foto: Thinkstock Photos Ampliar

Exercícios precisam de energia do carboidrato

No mundo ideal, as pessoas teriam uma boa alimentação e isso já daria a energia necessária para fazer exercícios diariamente.

Neste mesmo mundo, os suplementos alimentares serviriam apenas para o desgaste extremos dos atletas, como recomenda a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Infelizmente, não é fácil fazer uma boa alimentação. Os nutricionistas recomendam cinco ou seis refeições por dia, com intervalos de três ou quatro horas entre elas. Não é raro faltar tempo para comer ou não ter o alimento mais adequado à mão.

Leia mais: Malhação com energético

“Nossa alimentação requer 60% de carboidratos, 25% de proteínas e o restante de gorduras”, ensina o médico do exercício Jomar Souza, diretor da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte (SBME).

O carboidrato é fundamental para dar energia. “Se ele faltar na hora do exercício, a pessoa vai sentir fadiga”, alerta a nutricionista Cláudia Dornelles Schneider, da Universidade Federal de Ciências e Saúde de Porto Alegre.

Para compensar essa falta de energia, o corpo passa a transformar proteína em carboidrato, gerando pedra de massa muscular. “É mais fácil transformar a proteína do que a gordura em carboidrato, porque a gordura tem uma molécula muito mais complexa”, esclarece o médico.

Leia mais: Malhação com pó de guaraná

Essa dinâmica do metabolismo prova que é ineficiente cortar carboidratos para emagrecer. “Perder peso exige regularidade em exercícios específicos”, aponta Souza. Ele recomenda ao menos 30 minutos de esteira, três vezes por semana.

“Isso vai aumentar o metabolismo basal (em repouso) e favorecer a perda de peso”, explica.

Nailza Maestá, professora de nutrição da UNESP e da Unicamp, acrescenta ainda que a queima de gordura é obtida com balanço energético negativo. “Não adianta gastar três mil calorias com exercícios e depois ingerir três mil ou mais calorias. A pessoa vai manter o peso ou engordar”, diz.

Proteínas

A falta de proteína na alimentação não gera sintomas tão evidentes quanto a fadiga na hora de malhar. “A proteína está ligada à recuperação muscular”, diz Souza. Quando o músculo é solicitado em atividades concentradas, como a musculação, ele sofre pequenas lesões.

Essas lesões forçam um processo de recuperação que levar ao ganho de massa muscular, desde que haja no organismo uma reserva de nutrientes, incluindo proteínas, necessária para o processo.

Os exercícios dão resultados positivos quando são feitos na medida certa, por um corpo preparado para sofrer tal desgaste. É preciso haver equilíbrio entre alimentação, descanso e exercícios para ganhar condicionamento físico e melhorar os contornos do corpo.

Suplementos

Não faltam no mercado ofertas de suplementos ricos em proteínas e carboidratos, dois dos principais combustíveis necessários ao organismo. E seu uso pode ser bem-vindo. Mas os especialistas recomendam cautela e orientação individualizada.

“É preciso considerar a saúde da pessoa, sua alimentação, seu ritmo de exercícios, se são muitos fatores”, aponta Souza. A ingestão inadequada de suplementos de proteína, por exemplo, pode levar ao agravamento de problemas renais.

“Alguns suplementos importados têm anabolizantes mascarados”, alerta o médico.

A ingestão excessiva de carboidratos pode resultar em acúmulo de gordura e influenciar o surgimento de diabetes. “Suplementos são para casos muito específicos”, diz Nailza.

Continue lendo:

Creatina: aliada ou vilã?
O que comer antes e depois dos exercícios
Três vitaminas para dar energia ao treino
As vantagens e desvantagens de cada horário para malhar
Água de comer

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG

Ver de novo