Alimentação

enhanced by Google
 

Barzinho com os amigos não é desculpa para acabar com a dieta

É possível se acostumar a comer de forma saudável e manter uma vida social ativa sem engordar. Veja as dicas das nutricionistas

Lívia Machado, iG São Paulo | 14/09/2011 17:34

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Foto: Getty Images Ampliar

Salada é uma opção magra para enfrentar o barzinho. Mas cuidado com os molhos hipercalóricos!

O paladar é facilmente adaptável. Em apenas três semanas é possível adequá-lo a uma determinada dieta, seja ela restritiva ou não. Isso porque as papilas gustativas – pequenas saliências na língua, responsáveis pelo paladar – reagem rapidamente ao que é mastigado, explica a nutricionista clínica, especializada em nutrição funcional, pediátrica e esportiva, Fernanda Granja.

Leia mais: Chocolate faz bem ao coração

Tamanha flexibilidade pode ser usada a favor e contra o regime. Tudo que é ingerido com frequência faz com que as papilas peçam sempre mais. Uma alimentação farta em açúcares, gorduras e conservantes impede que o gosto da fruta, dos legumes e das saladas seja sentido e valorizado.

“Quem consome muito esse tipo de comida, modifica o paladar e não consegue gostar do que é saudável e importante para saúde.”

Como o tipo de dieta adotado é o ditador do paladar, acredite: é possível viver sem sentir saudades do chocolate ou do refrigerante. Não são raras as declarações de celebridades saradas ou viciadas em dietas que rechaçam, sem sofrimento, o que para muitos é delicioso e imprescindível na alimentação.

Programa de dieta: Perca 5Kg em um mês

“Quem se submete a uma dieta baseada em ingredientes crus, por exemplo, depois de um tempo não consegue mais comer embutidose enlatados. Da mesma forma, o refrigerante e o chocolate pode provovar enjoo em que perdeu o hábito de consumi-los.”

A lógica também se mantém durante a gravidez. O bebê consegue discernir o gosto dos alimentos ingeridos pela mãe após a sétima semana de gestação, explica Fernanda. Segundo a nutricionista, as mulheres que descuidam da alimentação durante a gravidez estão, por tabela, estimulando seus filhos a gostar de porcarias.

“A situação é reversível, mas elas certamente terão mais dificuldades para impor uma alimentação balanceada no futuro.”

Vida social X dieta

Para que o convívio social e o regime não vivam permanentemente em um ringue de boxe, vale instituir a "lei da compensação". O recurso, muito usado por quem trabalha com dietsa e nutrição, consiste em equilibrar um dia de permissões com outros de caminhadas, exercícios e alimentação mais leve, à base de saladas, frutas e grelhados.

“Não se permita abusar sempre. Escolha um dia para tomar aquele sorvete refrescante e não beba demais o tempo todo. O álcool tem calorias vazias, ele engorda e não tem nutriente algum”, explica Daniela Jobst, nutricionista clínica.

Uma vez presente no happy-hour, a ordem é ser criterioso, pontua Fernanda. Permita-se, mas com moderação, ou peça aos amigos que escolham outro restaurante, com opções mais saudáveis.

“Se todos na mesa estão comendo batata frita, tente resistir e opte por um sanduíche natural.”

A vida social sem regras acaba por subverter o regime. Nesse duelo, é preciso disciplina e controle. Comer antes de sair de casa também alivia bastante a ansiedade e não inviabiliza a confraternização.

“Ou a vida social mata a dieta ou a dieta mata a vida social. Não dá para ir a festas pensado em comida. Alimentar-se antes é fundamental, principalmente quando o restaurante escolhido não oferece nenhuma alternativa mais magra.”

Uma vez por semana, porém, a diversão é liberada. Para que o estrago regado a álcool termine no máximo em ressaca, Fernada aconselha: “Beba sempre um copo de chopp ou cerveja e dois de água.”

Dessa forma, o corpo permanece hidratado. A água também faz com que o organismo libere hormônios e aumenta a saciedade. Além disso, dilata o estomago e estufa rapidamente, impedindo grandes porres e minimizando a barriga saliente.

Siga lendo:
Sobreviva ao restaurante por quilo
Vinagre faz bem à saúde e ajuda a emagrecer
Alimentos que previnem a gripe
Cuidado com a sopa

 

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Notícias Relacionadas


Nenhum comentário. Seja o primeiro.


Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!




*Campos obrigatórios

"Seu comentário passará por moderação antes de ser publicado"

Mais destaques

Destaques da home iG

Ver de novo