Como medir seus batimentos e calcular a frequência cardíaca

Por iG São Paulo

compartilhe

Tamanho do texto

Saber a frequência ajudará a determinar os limites do corpo durante o exercício físico

Calcular a Frequência Cardíaca Máxima (FCM) é fácil, rápido e imprescindível para saber os limites do seu corpo antes de começar a se exercitar. Para encontrar a sua, subtraia sua idade de 220.

Por exemplo: uma pessoa de 35 anos deve fazer o cálculo 220 – 35 = 185. Assim, a FCM de uma pessoa de 35 anos é 185 bpm (batimentos por minuto). 

É fácil, rápido e imprescindível que você saiba sua frequência antes de fazer exercícios
Thinkstock/Getty Images
É fácil, rápido e imprescindível que você saiba sua frequência antes de fazer exercícios



Outra fórmula bastante usada é a de Tanaka (freqüência cardíaca máxima = 208 – 0,7 x idade), segundo o personal trainer Luiz Carlos Py Flôres.

"A partir do valor encontrado, é possível analisar a faixa de trabalho que devemos manter, de acordo com a prescrição de um profissional para o objetivo traçado. Por exemplo: para um trabalho aeróbico com queima de gorduras, a recomendação é manter a freqüência cardíaca entre 55 e 75% da freqüência cardíaca máxima (conhecida como “zone fat burn”)", diz o profissional.

Exemplo de cálculos

Para calcular as frequências determinadas nos diversos níveis de exercícios indicados nas planilhas, basta usar uma regra de três simples. Voltando ao exemplo do começo da reportagem, 185 é igual a 100% da FCM.

Tudo o que você precisa saber para alcançar a meta sem prejudicar o corpo

Usando ainda o mesmo exemplo, veja como a frequência cardíaca deve se comportar em cada faixa esforço: 

Caminhada Rápida: média de 55% a 60% da FCM. Ou seja, 102 a 111 bpm
Trote: média de 65% a 70% da FCM. Ou seja, 120 a 129 bpm
Corrida leve: média de 75% a 80% da FCM. Ou seja, 139 a 148 bpm
Corrida moderada: média de 85% a 90% da FCM. Ou seja, 157 a 166 bpm
Corrida intensa: acima de 95% da FCM. Ou seja, 175 bpm

Como medir os batimentos?

Luiz Carlos indica o uso de frequencímetro para medir seus batimentos. "Os monitores são bastante úteis especialmente durante as atividades aeróbicas. Para ter ideia, além da frequência cardíaca, alguns medem quanto tempo o aluno se manteve na faixa prescrita ou a quantidade de calorias gastas", afirma. 

Você pode medir os batimentos cardíacos no pescoço ou no punho
Arquivo
Você pode medir os batimentos cardíacos no pescoço ou no punho


Mas se você não tiver o aparelho, é simples medir seus batimentos. Veja onde localizar os batimentos e como calcular o bpm. 

No punho
Coloque os dedos indicador e médio esticados sobre a parte interna do punho, logo abaixo da base do polegar. Pressione firmemente com os dedos esticados até sentir a pulsação.

No pescoço
Posicione os dedos indicador e médio na parte macia e oca da lateral do pescoço. Pressione firmemente até sentir a pulsação.

Ao encontrar o pulso
Conte os batimentos por 10 segundos e multiplique por 6. O resultado é o número de batimentos por minuto. 

Leia tudo sobre: exercíciosprogramacaminhadacorridafrequência

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas