Bem-Estar

enhanced by Google
 

Suplementos alimentares podem ajudar mulher a emagrecer

Produtos também são uma boa alternativa para evitar fraturas por estresse

Bruno Folli, iG São Paulo

Compartilhar:

Foto: Thinkstock/Getty Images

Suplemento de óleo de peixe é rico em ômega-3

Os suplementos alimentares podem ser uma alternativa para mulheres que praticam exercícios. E não pense que isso vale apenas para competidoras profissionais ou aficionadas por musculação.

Qualquer pessoa está sujeita a desequilíbrios entre ingestão e gasto de nutrientes, condição que vai prejudicar os resultados desejados, como perda de peso ou ganho de condicionamento físico. “Existem suplementos que ajudam a restabelecer este equilíbrio”, afirma Juliana Rangel, nutricionista funcional da academia Contours.

Escolha seus exercícios
As vantagens e desvantagens de cada horário para malhar
Qual a atividade física ideal para você?
Esteira absorve três vezes mais o impacto da corrida
Peso livre ou aparelho: o que é melhor na musculação?

Uma situação recorrente, conta Juliana, acontece com mulheres que ingerem alimentos gordurosos com frequência. “A gordura dificulta a absorção de nutrientes”, revela. O mesmo acontece quando o sistema digestivo está repleto de toxinas. “Elas têm uma estrutura semelhante a da gordura”.

Nestes casos, a nutricionista recomenda suplementos com óleo de linhaça ou de peixes, por serem ricos em ômega-3. “Este tipo de suplemento combate o processo inflamatório do intestino e ajuda a recuperar o equilíbrio entre bactérias ruins e bactérias benéficas ao processo digestivo”, detalha.

Para evitar o retorno das bactérias prejudiciais, a nutricionista recomenda ainda uma reeducação alimentar para ajustar a quantidade de gordura, de sal e de açúcar refinado.

Leia sobre suplementos
Malhação com energético
Creatina: aliada ou vilã?

Além de combater as bactérias ruins, é preciso favorecer a proliferação das bactérias boas. Em alguns casos, a nutricionista recomenda suplementação com biomassa de banana verde, um nutriente benéfico às bactérias naturais do organismo.

“O suplemento é dado por um período curto, de semanas ou meses. Ele não é usado constantemente”, diz. Com o sistema digestivo equilibrado, a absorção de nutrientes melhora.

Isso combinado com uma alimentação balanceada deve ser suficiente para dar “o combustível” necessário aos exercícios. Até rapidez com que os alimentos são metabolizados tende a aumentar, favorecendo quem deseja perder aquelas quilinhos a mais.

Cálcio

As mulheres também precisam dar atenção especial a um processo chamado de tríade da mulher atleta. Apesar do nome, esta síndrome pode acontecer com qualquer praticante de atividades físicas e gerar deficiência de nutrientes.

O problema é descrito pelos médicos como a combinação entre distúrbio alimentar, alterações no ciclo menstrual e perda de massa óssea. Essa condição não é exclusividade de pessoas que aderem a dietas radicais. Basta errar um pouco no regime e pronto: a deficiência alimentar já começa a afetar a menstruação.

Leia sobre alimentação
Frutas cítricas ajudam a emagrecer
O lado negativo dos alimentos saudáveis
Como perder peso de forma inteligente
Frutas secas concentram nutrientes

Ciclo irregular ou até falta de menstruação gera alterações na absorção de cálcio, o que aumenta o risco de lesões como fraturas por estresse, aponta o ortopedista Ricardo Munir Nahas, Diretor Científico da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte.

“A falta de ferro é outro problema, que pode acontecer em praticantes de esportes aeróbicos”, aponta. Os sinais são cansaço fora de hora e fadiga. Para verificar a quantidade de ferro no corpo é preciso fazer exames como o hemograma ou a dosagem de ferritina. Em algumas situações, pode ser preciso usar suplementos.

Vegetarianos

Combinar exercícios de musculação com uma dieta livre de carnes requer atenção dobrada. Nahas explica que uma das principais fontes de energia necessária aos chamados exercícios anaeróbicos, aqueles da musculação, é a proteína. E esse é justamente o nutriente que pode faltar aos vegetarianos, visto que ele é encontrado principalmente em carnes.

Leia sobre cuidados com o exercício
Menstruação irregular pode indicar excesso de exercícios
Fratura por estresse atinge 25% dos corredores
Overtraining: o excesso que faz mal à saúde
Exercício na gravidez requer moderação

Para ter certeza de que a suplementação de proteínas é necessária, é preciso verificar a quantidade e intensidade de exercícios feita pela mulher, além de avaliar toda a alimentação dela.

A vantagem de ganhar um pouco de massa muscular é que o metabolismo do músculo requer mais energia, mesmo quando em repouso. Isso ajuda a queimar calorias e manter o corpo em forma.

Leia também
Joelho em X aumenta o risco de lesões
Excesso de flexibilidade atinge até 30% das pessoas, mas pode ser doença
Programas de exercícios para todo o condomínio

 

    Notícias Relacionadas


    Ver de novo