Tamanho do texto

Veja na coluna como é o tratamento para não sofrer com a sua saúde bucal

Você já ouviu falar dos dentes do siso? Eles são popularmente chamados de “dentes do juízo”, pois costumam aparecer na nossa arcada dentária durante o final da adolescência ou já na idade adulta. Eles são sempre motivo de muitas dúvidas para os pacientes.

Leia também: Paciente com câncer deve ter acompanhamento do dentista

Saiba tudo sobre a saúde bucal e os cuidados com o dente do siso
Ryan McGuire/ Gratisography
Saiba tudo sobre a saúde bucal e os cuidados com o dente do siso

O único que poderá lhe orientar e definir se seu caso precisa mesmo de extração dos sisos é o seu dentista. Não é regra que todos tenham que extrair seus sisos , varia muito de caso para caso.

Quando seu dente siso começa a nascer você logo pensa "tenho que extrair". Pode ser que sim, pode ser que não. Quando ele está bem posicionado, sem incomodar sua boca, não tem problema em mantê-lo.

Leia também: Cárie dental, a segunda doença mais comum do mundo

Doutor Bruno Puglisi cirurgião buco maxilo facial explica quando a extração é necessária:

- O paciente pode até não sentir nenhuma dor, mas se encontrar alguma dificuldade em alcançar o siso durante a escovação, a cirurgia de retirada do dente deve ser considerada.

- Quando a gengiva recobre parcialmente o dente não nascido, pode-se acumular alimentos e bactérias levando a muita dor e inflamação local.

- Quando ele nasce parcialmente e inclinado sobre o dente da frente fazendo pressão e podendo entortar outros dentes

- Quando o dente está incluso ou impactado dentro do osso, ou seja, não nasceu.

As consequências

Dependendo de como o siso esteja posicionado, problemas maiores podem surgir como cáries, muita dor, doenças gengivais, devido à dificuldade de higienização no local, reabsorção da raiz do dente vizinho e até o desenvolvimento de cistos e tumores, alerta Doutor Bruno Puglisi.

Medo de cirurgia

A cirurgia para remoção dos dentes do siso é um dos tratamentos mais temidos pelos pacientes que precisam passar por esse procedimento odontológico. Entretanto, graças ao avanço das técnicas, da qualidade dos anestésicos e do nível de estudo dos cirurgiões dentistas, os procedimentos de remoção têm se tornado cada vez mais simples e com baixíssimo risco de complicação no período pós-cirúrgico.

Leia também: Conheça os alimentos que fazem bem e mal aos dentes

Por esse motivo, muitos profissionais têm orientado os seus pacientes a retirar os dentes do siso antes mesmo de identificar qualquer tipo de problema. Se você teme a cirurgia para tirar os dentes do siso, não se preocupe, se trata de um procedimento simples e descomplicado, especialmente quando feito no período certo, a melhor época para se extrair é aquela planejada com antecedência , pois se o paciente já estiver com dor e inflamação local com certeza o trabalho e dor será maior

O medo é, sem dúvidas, o principal fator que leva as pessoas a não extraírem o siso. A partir do momento que o paciente está sob os cuidados de um especialista Não tem mais motivo de temer esse procedimento. Se seu siso te incomoda, vá ao dentista e acabe com esse problema.