Estudo aponta que alimento pode ajudar a diminuir o sintoma; porém, não é para qualquer tipo de tosse que o chocolate funciona; leia e descubra qual

A teobromina, que ajuda na tosse, é a responsável pela presença do sabor amargo no chocolate preto
Getty Images
A teobromina, que ajuda na tosse, é a responsável pela presença do sabor amargo no chocolate preto

Um alerta para várias doenças, a tosse pode ser um sintoma bastante incômodo quando não é tratada rapidamente. Porém, há uma maneira simples, e até mesmo prazerosa, de eliminar esse problema. Não, não se trata do clássico chá de limão com mel e própolis, nem xarope de mel ou sopa de alho: é o chocolate o melhor remédio para o mal.

Leia também: Tosse: um alerta para várias doenças

No entanto, não é qualquer tipo de tosse que pode ser curada com chocolate. De acordo com pesquisadores da Imperial College London, o poder do doce está na teobromina, ingrediente capaz de suprimir a atividade do nervo vago, que causa o incômodo.

Nos testes feitos pelos cientistas, essa substância se mostrou quase um terço mais eficiente do que a codeína, o principal fármaco alcalóide presente nas drogas vendidas para interromper os acessos de tosse.

A teobromin a, principal alcalóide do cacau , tem um gosto amargo e é a responsável pela presença desse sabor no chocolate preto - no entanto, ela também está no chocolate branco, mas em menor quantidade. Cada quilo do fruto contém cerca de 25 gramas da substância.

Além de ajudar na tosse, a substância também oferece outros benefícios, conforme afirmaram os pesquisadores: os efeitos colaterais são menores do que os dos tratamentos convencionais, que deixam, na maioria dos casos, os pacientes sonolentos.

Ela também ajuda na diminuição da pressão arterial, por dilatar os vasos sanguíneos, e relaxamento dos brônquios nos pulmões.  

Leia também: Antibióticos não funcionam contra tosse, diz estudo

A dica é comer alguns pedaços de chocolate - não precisa ser uma barra inteira -, e preferir pelos meio-amargos, que tem maior concentração da substância. Porém, outros cuidados são bem-vindos para ajudar a acabar com o sintoma, como xaropes caseiros.

Em um outro estudo liderado pelo chefe de estudos cardiovasculares e respiratórios da Universidade de Hull, na Inglaterra, e membro fundador da Sociedade Internacional do Estudo da Tosse Alyn Morice, o chocolate se mostrou mais eficaz do que o mel com limão para acalmar as crises de tosse. Isso porque a textura do doce ajuda a proteger as terminações nervosas da garganta.

Cuidados

Por ser capaz de relaxar os brônquios dos pulmões, a teobromina funciona apenas para as tosses originárias de irritação das vias respiratórias - aquelas que são associadas à coriza, nariz entupido, dor no corpo, mal-estar e febre.

Já quando a tosse é seca, e acontecem no período da manhã, o problema pode estar ligado a refluxos gastroesofágico, e o chocolate pode piorar o quadro, já que, nesses casos, esse tipo de alimento é prejudicial por enfraquecer as válvulas do esfíncter esofágico inferior.

Leia também: "Tosse de fumante" pode esconder doença grave, alertam médicos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.