Minha Saúde

enhanced by Google
 

Apendicite

Compartilhar:
Conteúdo exclusivo para o iG no Brasil e usado pelos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos

Definição

A apendicite é a inflamação do apêndice. O apêndice é uma pequena bolsa presa ao início do intestino grosso.

Causas, incidência e fatores de risco

A apendicite é uma das causas mais comuns de cirurgia abdominal de emergência nos Estados Unidos. Ela geralmente ocorre quando o apêndice fica bloqueado por fezes, um objeto estranho ou, raramente, um tumor.

Sintomas

Os sintomas de apendicite variam. Pode ser difícil de diagnosticar em crianças menores, em idosos e em mulheres em idade reprodutiva.

Geralmente, o primeiro sintoma é dor em volta do umbigo. A dor pode ser vaga no início, mas se torna cada vez mais aguda e grave. Você pode ter apetite reduzido, náusea, vômitos e uma febre baixa.

À medida que aumenta a inflamação no apêndice, a dor tende a se mover para baixo e à direita e se localizar diretamente acima do apêndice, em um local chamado ponto de McBurney.

Se o apêndice se rompe, a dor pode desaparecer por um breve período e você se sente melhor repentinamente. No entanto, uma vez que o revestimento da cavidade abdominal fica inflamada e infectada (uma condição chamada peritonite), a dor piora e você fica mais doente.

A dor abdominal pode ser pior quando você caminha ou tosse. Você pode preferir ficar deitado quieto porque o movimento súbito causa dor.

Sintomas posteriores incluem:

  • Calafrios
  • Constipação
  • Diarreia
  • Febre
  • Perda de apetite
  • Náusea
  • Tremores
  • Vômitos

Exames e testes

Se você tem apendicite, sua dor aumentará quando o médico soltar a pressão de repente, após pressionar gentilmente a área abdominal inferior à direita. Se você tiver peritonite, tocar a área do abdome pode causar um espasmo dos músculos.

Um exame retal pode revelar sensibilidade no lado direito do reto.

Em geral, os médicos podem diagnosticar a apendicite pela sua descrição dos sintomas, pelo exame físico e pelos exames de laboratório.

Em alguns casos, testes adicionais podem ser necessários. Isso pode incluir:

Observação: A Food and Drug Administration (õrgão norte-americano que regula o setor de medicamentos e alimentos) revogou uma droga usada durante alguns testes de imagiologia relacionados à apendicite depois de relatórios sobre seus efeitos colaterais que colocam a vida em risco e levam à morte. A droga, chamada NeutroSpec, era usada para ajudar a diagnosticar apendicite em pacientes com 5 anos ou mais de idade que podem ter tido a doença, mas não mostravam os sinais e sintomas comuns.

Tratamento

Se você tiver um caso sem complicações, um cirurgião normalmente removerá seu apêndice logo após o diagnóstico feito por seu médico.

Como os exames usados para diagnosticar apendicite não são perfeitos, algumas vezes a operação revelará que seu apêndice é normal. Neste caso, o cirurgião removerá seu apêndice e explorará o resto do seu abdome para constatar outras causas para sua dor.

Se uma tomografia computadorizada mostrar que você tem um abscesso de um apêndice rompido, você pode ser tratado da infecção e ter seu apêndice removido depois que a infecção e a inflamação tiverem passado.

 

Evolução (prognóstico)

Se seu apêndice for removido antes de se romper, você provavelmente ficará bem logo após a cirurgia. Se seu apêndice romper depois da cirurgia, você provavelmente se recuperará mais lentamente, e terá mais probabilidade de desenvolver um abscesso ou outras complicações.

Complicações

  • Conexões anormais entre órgãos abdominais ou entre esses órgãos e a superfície da pele (fístula)
  • Abscesso
  • Infecção da incisão cirúrgica
  • Peritonite

Ligando para seu médico

Ligue para o serviço médico de emergência (como 192) se:

  • Sua dor for grave, súbita ou aguda
  • Tiver febre junto com a dor
  • Estiver vomitando sangue ou tiver diarreia com sangue
  • Seu abdome estiver duro, rígido e sensível ao toque
  • Não conseguir evacuar, especialmente se também estiver vomitando
  • Tiver dor no peito, pescoço ou ombros
  • Estiver com vertigem ou tontura

Ligue para seu médico se você apresentar dor abdominal na porção direita inferior do seu abdome ou se tiver qualquer outro sintoma de apendicite.

Também ligue para o seu médico se:

  • Tiver náusea e falta de apetite
  • Estiver perdendo peso involuntariamente
  • Tiver amarelamento dos olhos ou da pele
  • Tiver inchaço por mais de 2 dias
  • Tiver diarreia por mais de 5 dias ou se seu bebê tiver diarreia por 2 dias ou vômitos por 12 horas (ligue imediatamente se seu bebê menor de 3 meses tiver diarreia ou vômito)
  • Tiver desconforto abdominal por mais de 1 semana
  • Tiver queimação ao urinar ou estiver urinando mais frequentemente do que o normal
  • Tiver dor e talvez estiver grávida
  • Sua dor piorar quando você usar antiácidos e comer algo

Referências

Bundy DG, Byerley JS, Liles EA, Perrin EM, Katznelson J, Rice HE. Does this child have appendicitis? JAMA. 2007 Jul 25;298(4):438-51. Review.

Ebell MH. Diagnosis of appendicitis: part 1. History and physical examination. Am Fam Physician. 2008 Mar 15;77(6):828-30. Review.

Lyon C, Clark DC. Diagnosis of acute abdominal pain in older patients. Am Fam Physician. 2006 Nov 1;74(9):1537-44. Review.

Prather C. Inflammatory and anatomic diseases of the intestine, peritoneum, mesentery, and omentum. In: Goldman L, Ausiello D, eds. Cecil Medicine. 23rd ed. Philadelphia, Pa: Saunders Elsevier;2007:chap 145.

US Food and Drug Administration. FDA Issues Public Health Advisory on use of NeutroSpec, [Technetium (99m TC) Fanolesomab], Imaging Agent for Diagnosis of Appendicitis. Rockville, MD: National Press Office; December 19, 2005. Press Release P05-104.

Atualizado em 17/3/2011, por: A.D.A.M. Editorial Team: David Zieve, MD, MHA, and David R. Eltz. Previously reviewed by George F. Longstreth, MD, Department of Gastroenterology, Kaiser Permanente Medical Care Program, San Diego, California (7/6/2009).

Todas as doenças

A A.D.A.M., Inc. é reconhecida pela URAC, também chamada de American Accreditation HealthCare Commission (Comissão de Reconhecimento de Cuidados de Saúde) – www.urac.org. O programa de reconhecimento da URAC é uma auditoria independente com o objetivo de verificar se a A.D.A.M. segue padrões rigorosos de qualidade e responsabilidade. A A.D.A.M. está entre as primeiras empresas a conquistar essa importante distinção para informações e serviços de saúde on-line. Saiba mais sobre a política editorial, o processo editorial e a política de privacidade da A.D.A.M. A empresa é também um membro fundador da Hi-Ethics e segue os princípios da Health on the Net Foundation (Fundação da Saúde na Internet) – www.hon.ch.

As informações aqui fornecidas não poderão ser usadas durante nenhuma emergência médica, nem para o diagnóstico ou tratamento de doenças. Um médico licenciado deverá ser consultado para o diagnóstico ou tratamento de todas as doenças. Ligue para 192 em caso de emergências médicas. Os links para outros sites são fornecidos apenas a título de informação e não constituem um endosso a eles. 1997- 2011 A.D.A.M., Inc. A reprodução ou distribuição das informações aqui contidas é estritamente proibida.

Ver de novo