Minha Saúde

enhanced by Google
 

Mordida de animal

Compartilhar:

A maioria dos casos está relacionada a mordidas de cães, mas são as mordidas de gato que infectam em mais de 50% das vezes. Entre as doenças mais comuns transmitidas por eles estão o tétano e a raiva.

Apesar dos registros de mordidas de ratos e macacos também figurarem entre as mordidas perigosas, em geral são as dentadas humanas as que as que causam lesões mais graves, com maior risco de infecção e de transmissão de doenças como as hepatite B e C, o herpes, o HIV (causador da AIDS), a sífilis e o tétano.

Mordidas de animais pedem atendimento imediato. Após 8 horas da ocorrência, o risco de complicações infecciosas aumenta.

Como agir:

- Limpe o local da mordida com água e sabão ou soro fisiológico, deixando a água escorrer pelo ferimento durante alguns minutos
- Estanque hemorragias com um pano esterilizado ou bem limpo
- Imobilize o membro afetado e eleve-o em relação ao resto do corpo
- Encaminhe a vítima para um serviço de saúde

Como prevenir:

- Não brinque com animais estranhos
- Mantenha as vacinas dos seus animais de estimação em dia
- Não deixe crianças sozinhas com animais domésticos
- Sempre leve seus animais de estimação para passear com coleira

Todas as emergências
Ver de novo