Minha Saúde

enhanced by Google
 

Parada cardíaca

Compartilhar:

É a interrupção da função de bombeamento do coração. Pode ser constatada pela falta de batimentos cardíacos, de pulso e pela dilatação das pupilas (parte mais escura do olho, que abre e fecha de acordo com a intensidade da luz). Pode ocorrer sozinha ou com parada respiratória.

Essa ocorrência pode estar associada a diversos fatores como, arritmia cardíaca, hemorragia, estado de choque, uso de drogas, choques elétricos e infarto agudo do miocárdio. Portanto, é necessário redobrar a atenção se a pessoa tem um ou mais fatores de risco para doença cardíaca:

- homens com idade acima de 45 anos e mulheres com mais de 55
- familiar que já teve ou morreu de infarto
- obesidade, hipertensão, diabetes, sedentarismo e tabagismo

Como agir:

- Chame imediatamente o serviço médico de emergência
- Deite a vítima de costas e verifique o pulso dela
- Inicie os procedimentos de reanimação: coloque as mãos entrelaçadas no centro do tórax e comprima-o entre 4 e 5 cm, repetindo o procedimento 100 vezes por minuto até o socorro chegar. A cada 30 vezes, verifique se há pulso e continue
- Sem fazer nenhuma manobra de reanimação, a cada minuto se perde 10% da chance de reanimar a vítima. Se a reanimação não for feita em 10 minutos, a pessoa tem chances muito reduzidas de se salvar. É importante identificar a parada e começar imediatamente a manobra

 

Todas as emergências
Ver de novo