Tamanho do texto

Vítima é menina de 2 anos que recentemente havia viajado à Guiné, onde atual surto do vírus que já matou 4 mil começou

Uma menina de dois anos, que se tornou o primeiro caso confirmado de ebola no Mali, na África Ocidental, morreu no Oeste do país, nesta sexta-feira (24). A informação foi divulgada por uma autoridade de saúde local.

Leia mais:
Mais um país africano confirma caso de ebola

A fonte de saúde, que pediu para não ser identificada, afirmou que a garotinha foi a óbito na cidade de Kayes, por volta das 14h (horário de Brasília). No dia anterior, as autoridades do país de quase 15 milhões de pessoas confirmaram o caso.

No entanto, a morte da menina ainda não foi divulgada oficialmente, apesar de um morador de Kayes, identificado como Oumar Sylla, afirmar que rádios locais estavam anunciando a informação. 

Com a confirmação do caso, o Mali se tornou o sexto país da África Ocidental a ter sido atingido pelo pior surto já registrado da febre hemorrágica, que já matou mais de 4 mil pessoas na região, uma das mais pobres do mundo.

O ministro da Saúde, Ousmane Kone, disse à televisão estatal que a paciente de Kayes havia voltado recentemente da vizinha Guiné, onde o surto começou.

Veja fotos do surto de ebola no mundo:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.