Tamanho do texto

Durante dezembro, em média, os ingleses consomem 41% mais álcool do que nos demais meses do ano

BBC

Serviço público de saúde na Inglaterra encoraja cidadãos a passar um
AP
Serviço público de saúde na Inglaterra encoraja cidadãos a passar um "janeiro seco" após os excessos de fim de ano

As festas de fim de ano geralmente significam noites de excessos para muita gente. Em contrapartida, ao menos na Inglaterra, o mês de janeiro vem sendo cada vez mais associado a um período de pausa na bebedeira.

O serviço público de saúde inglês está estimulando cidadãos a participar de mais uma edição do chamado "Dry January" (ou janeiro seco, em tradução livre).

Leia também: Ibuprofeno ou paracetamol? Saiba quando tomar um ou outro

A experiência voluntária, que ganha adeptos a cada ano, consiste em passar o mês inteiro sem ingerir uma gota de álcool.

Durante dezembro, em média, os ingleses consomem 41% mais álcool do que nos demais meses do ano.

Em 2014, um estudo da Universidade de Sussex acompanhou 900 voluntários que encararam a proposta do "janeiro seco".

Ingleses consomem 41% mais álcool em dezembro do que nos demais meses do ano
Daniel Zimmermann/divulgação
Ingleses consomem 41% mais álcool em dezembro do que nos demais meses do ano

Os resultados mostraram que abandonar o álcool por um mês pode mudar a maneira que as pessoas bebem a longo prazo - elas passariam a ingerir menores quantidades e ficar embriagadas com menor frequência.

Após seis meses, 72% dos participantes reduziram o consumo excessivo de álcool e 4% ainda não haviam voltado a beber.

Os participantes também se mostraram mais inclinados a recusar bebidas alcoólicas em eventos sociais.

Mudança de hábito

Na época, o professor de psicologia Richard De Visser, responsável pela pesquisa, disse à BBC que "o mais interessante é que essas mudanças no consumo do álcool também foram percebidas nas pessoas que não conseguiram completar o mês inteiro sem beber".

Leia também: Pesquisa desvenda segredo surpreendente do café contra o sono

"Mesmo que os participantes não cheguem ao final dos 31 dias com sucesso, normalmente é notada uma redução significante no volume de álcool que ingerem."

A maioria dos adeptos do "janeiro seco" também relatou efeitos positivos após o mês abstêmio, incluindo melhora no sono, perda de peso e mais disposição.

Image caption Embora consumo moderado de álcool esteja associado à redução do risco cardíaco, uso excessivo pode causar uma série de doenças, como danos no músculo do coração

Mais de três quartos deles afirmaram que economizaram dinheiro e sentiram um bem estar de "missão cumprida".

Expecialistas destacaram, após a pesquisa, que o corte abrupto no consumo de álgool pode ajudar as pessoas a "zerar" sua relação com o álcool, cujo consumo está relacionado a mais de 60 problemas médicos, incluindo câncer, depressão e demência.

Atualmente, a página do Dry January no Facebook  é seguida por mais de 40 mil pessoas.

Para 2016, os organizadores encorajam os adeptos a compartilhar a decisão com pessoas próximas e estimular amigos, famílias e colegas de trabalho a participar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.