Tamanho do texto

Estudo mostrou que mulheres com alto consumo de gorduras saturadas tinham mais prejuízos de memória e cognição

Fast-food: gordura saturada em excesso é pior para o cérebro
Getty Images
Fast-food: gordura saturada em excesso é pior para o cérebro
Estudos já associaram a gordura na alimentação ao desenvolvimento de demência em idade mais avançada. Um novo estudo sugere que o risco talvez dependa do tipo de gordura consumida.

Leia: Melhore o poder do seu cérebro comendo

Os cientistas estudaram 6.183 mulheres com mais de 65 anos, acompanhando seu consumo de gordura e as alterações em sua capacidade intelectual ao longo dos anos. As participantes preencheram questionários sobre alimentação no início do estudo e depois realizaram testes periódicos de habilidade mental.

Os pesquisadores determinaram a "contagem de alterações" de cada voluntária reunindo alterações na memória e no pensamento abstrato ao longo do tempo – quanto mais baixa a contagem, maior a deterioração. O estudo apareceu online este mês no periódico Annals of Neurology.

Leia também: Alimentos têm influência na capacidade mental de idosos

Após levar em conta diversos fatores socioeconômicos e de saúde, os pesquisadores descobriram que a probabilidade de as participantes cuja ingestão de gorduras saturadas era a mais elevada terem contagens de alterações que as posicionavam abaixo do décimo percentil era 60% maior em comparação com que as que menos consumiam essas substâncias.

Siga o iG Saúde no Twitter

Por outro lado, a probabilidade de as mulheres cujo consumo de gorduras monoinsaturadas era o mais elevado terem contagens de alterações abaixo do décimo percentil era 40% menor. O consumo de gorduras poli-insaturadas e hidrogenadas não estava associado a nenhuma alteração, e o consumo total de gordura tampouco.

"As pessoas podem considerar fazer modificações ou substituições em suas dietas , trocando as gorduras saturadas por gorduras monoinsaturadas", afirmou Olivia I. Okereke, principal autora do estudo e professora assistente de psiquiatria da Universidade Harvard.

Leia mais notícias sobre alimentação e dietas

    Leia tudo sobre: dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.