Tamanho do texto

Mulheres que ingeriram ferro diariamente reduziram as queixas de fadiga em 47%, mostrou estudo francês

NYT

Cansaço: fadiga pode melhorar com o uso de suplementação de ferro
Getty Images
Cansaço: fadiga pode melhorar com o uso de suplementação de ferro

Os suplementos de ferro geralmente são recomendados para tratar a fadiga em mulheres, mas são poucas as comprovações de seus efeitos no organismo.

Agora, um estudo sugere que esses suplementos podem mesmo ajudar algumas usuárias.

Siga o iG Saúde no Twitter

Pesquisadores franceses estudaram 198 mulheres saudáveis em fase menstrual, com entre 18 e 53 anos, mas que tinham queixas de fadiga.

Os níveis de ferritina de todas as participantes eram inferiores a 50 microgramas por litro, o mínimo considerado normal (a ferritina é uma proteína que se liga ao ferro). Metade do grupo ingeriu 80 miligramas de ferro diariamente e a outra metade, placebo. Os pesquisadores avaliaram a fadiga com o uso de um questionário validado, no início e no final do estudo.

Leia também:

Síndrome da fadiga crônica é mais do que cansaço
Conheça o exame de capacidade de fixação do ferro
As melhores panelas para a saúde da sua família

Após 12 semanas, as voluntárias que ingeriram ferro em cápsulas relataram uma diminuição de, em média, 47% da fadiga em comparação com 28,8% das que tomaram placebo. Os pesquisadores também descobriram que os suplementos de ferro levaram ao aumento da produção de glóbulos vermelhos.

O principal autor do estudo e estudante de doutorado em neurociência da Universidade de Genebra (Suíça), Paul Vaucher, afirmou que as mulheres com fadiga de causa desconhecida devem consultar um médico, uma vez que a deficiência de ferro é apenas uma das causas do problema.

"Apenas exames de sangue podem descobrir se o problema é a falta de ferro", afirmou o pesquisador. O estudo foi publicado na revista científica da Associação Médica Canadense.

Leia mais notícias de saúde

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.