Tamanho do texto

De acordo com o britânico John Buckley, trabalhar até três horas em pé por dia consome 144 calorias e pode resultar na perda de até 3,6 quilos por ano

BBC

Trabalho em pé: é possível perder 3,6 quilos por ano evitando a cadeira por 3 horas ao dia
Getty Images
Trabalho em pé: é possível perder 3,6 quilos por ano evitando a cadeira por 3 horas ao dia

Trabalhar até três horas em pé por dia consome 144 calorias e pode resultar na perda de até 3,6 quilos por ano. O conselho é do cientista John Buckley, da Universidade de Chester, na Grã-Bretanha.

Siga o iG Saúde no Twitter

O pesquisador tenta tirar proveito de sua própria teoria. Usando uma escrivaninha dos anos 1940 na qual escreve em pé, ele argumenta que os humanos foram "desenhados" para se moverem e ficarem eretos.

"Não há necessidade de ficar muito tempo sentado", diz Buckley. Professor do Departamento de Ciências Clínicas e Nutrição, ele diz que deixar de trabalhar exclusivamente sentado melhora a circulação e ajuda a combater a obesidade.

Faça o teste e descubra o seu grau de sedentarismo

"As pessoas se sentam no trabalho, no carro e quando estão na frente da TV", baixando seu metabolismo para níveis mínimos, argumenta.

"Não é natural (ficar o tempo todo sentado). Os humanos foram desenhados para ficarem em pé e se manterem em movimento", diz.

Mudança de comportamento

Buckley reconhece que trabalhar em pé requer uma mudança de comportamento. Mas o desprezo pelas cadeiras não é algo necessariamente novo. Vide Ernest Hemingway, o escritor americano que gostava de escrever em pé. Assim como o autor de origem russa, Vladimir Nabokov, outro adepto da prática.

Para fundamentar sua tese, Buckley cita estudos que mostram que o estilo de vida sedentário é menos saudável e pode causar tantas mortes quanto o cigarro. Ele também menciona pesquisas que mostram que ficar muito tempo sentado pode aumentar o risco de desenvolver diabetes. O professor, que presta assessoria sobre questões de obesidade a autoridades de saúde da Grã-Bretanha, defende mudanças nos escritórios a fim de liberar as pessoas das cadeiras.

"É uma pequena mudança em seu comportamento... mas usar uma escrivaninha em pé pode fazer uma grande diferença em sua saúde", diz.

Leia mais notícias de bem-estar e alimentação

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.