Tamanho do texto

Técnica popular entre mulheres usa bola de ferro com haste para desenvolver flexibilidade, força e resistência, mas é preciso ter condicionamento físico prévio para praticar

Os exercícios com o Kettlebell são práticos, mas é necessário, por questões de segurança, aprender as técnicas com um profissional de Educação Física
Edu Cesar/Fotoarena
Os exercícios com o Kettlebell são práticos, mas é necessário, por questões de segurança, aprender as técnicas com um profissional de Educação Física


Uma bola de ferro oca com uma haste, com oito ou 12 quilos, promete fazer mudanças consideráveis no condicionamento do corpo em um período relativamente curto de tempo. É assim o chamado Kettlebell, uma modalidade de exercícios físicos que vem ganhando destaque no Brasil.

Segundo o americano Steve Cotter, presidente e fundador da Federação Internacional de Kettlebell e Fitness (IKFF), quem praticar rotinas com o Kettlebell durante 20 minutos, três vezes por semana, poderá notar resultados a partir de duas semanas e atingirá um bom nível de condicionamento depois de seis meses.

Leia também:  Falta de tempo para malhar pode ser contornada usando a faixa elástica

“Comecei a me exercitar com kettlebell na época da faculdade, pois havia parado com as artes marciais por não ter mais tempo. O Kettlebell é muito prático e consegui recuperar meu condicionamento físico”, conta Cotter.

Regis Stefanelli, gerente de ginástica da academia Companhia Athletica, explica que a modalidade não é para iniciantes. “A pessoa precisa ter um certo condicionamento físico antes, por ser um exercício de alta intensidade. O Kettlebell é complementar à musculação, não a substitui”.

Leia mais:  8 maneiras de introduzir exercícios no seu cotidiano

“Essa modalidade está ficando muito popular entre as mulheres, porque é especialmente bom para as pernas e glúteos, além de tonificar os músculos do braço. Provavelmente este é o melhor exercício para mulheres”, acrescenta Cotter.

O americano recomenda que a pessoa que deseja praticar esse tipo de exercício que aprenda a técnica com um profissional qualificado antes de qualquer tentativa. “É uma recomendação por questões de segurança”, explica.

O presidente da IKFF conta que os exercícios regulares aumentam a força, resistência e flexibilidade, mas pessoas com algum problema de saúde, hipertensão, doenças cardiovasculares e doenças crônicas, como restrições de mobilidade por conta da coluna e joelho, devem sempre consultar um médico antes.

Veja uma série de exercícios clássicos do Kettlebell:

Leia mais notícias de saúde

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.