Tamanho do texto

Na hora em que a fome bate, é difícil resistir a petiscos calóricos ou nocivos à saúde; veja opções de alimentos que ajudam a manter a linha e não cair em tentação

Quem passa por uma reeducação alimentar sofre fora de casa. Ofertas de alimentos gordurosos, extremamente calóricos e nada saudáveis aparecem a todo momento. Para manter a linha, no entanto, o ideal é não abusar do consumo desses alimentos "proibidos" já que, se a ingestão deles virar um hábito, o plano alimentar vai por água abaixo.

A maça contém fibras, o que contribui para a sensação de saciedade
Getty Images
A maça contém fibras, o que contribui para a sensação de saciedade


Carregar alguns petiscos gostosos e saudáveis ajudam a não passar muito tempo sem comer e controlam melhor a gula, reduzindo as chances de atacar um lanche cheio de bacon só porque o estômago roncou.

Passar muito tempo sem comer algo que se gosta, no entanto, pode ser um tiro que sai pela culatra. Privar constantemente o corpo de um prazer pode levar à compulsão alimentar. O ideal é manter o equilíbrio sempre.

Se não conseguir resistir a um alimento que não estava previsto, comer com prazer, sem culpa e prestando atenção na saciedade, é o melhor caminho. Se, no meio do sanduíche ou da barra de chocolate a fome acabou, é melhor também parar de mastigar e voltar a comer em outra hora que o corpo desejar aquele alimento.

Um dos truques para evitar esses "desejos" fora de hora, é comer os alimentos que controlam a gula. Levar na bolsa ou na mochila mix nozes, sementes, frutas secas ou  in natura  são opções que podem salvar na hora mais faminta do dia.

Veja algumas sugestões de alimentos para carregar junto com você no dia a dia:


Veja também:
Caem os mitos da dieta
Alimentos que dão saciedade favorecem a dieta

LEIA MAIS NOTÍCIAS DE SAÚDE E BEM-ESTAR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.