Tamanho do texto

Dieta de Dilma foi a mais buscada no ano. Entre os alimentos, a moda do whey seguiu firme e forte. E exercícios funcionais ou que misturassem atividades ganharam mais adeptos

2015 está chegando ao fim e alguns assuntos dominaram o mundo de bem-estar e alimentação nos últimos meses. Para fechar o ano e já dar aquela inspirada para 2016, fizemos uma seleção do que bombou em relação a dieta, alimentação e exercícios neste ano. Diversas dicas e ideias podem - e devem - ser aproveitadas também no ano novo, afinal, ser saudável e mais feliz com o corpo nunca sai de moda. 

Dietas mais buscadas de 2015

1. Dieta Ravenna

Os 17 kg perdidos pela presidente Dilma Rousseff em menos de um ano impressionaram e fizeram a dieta Ravenna  ser a mais procurada de 2015, segundo lista recente divulgada pelo Google Brasil. O método, criado pelo terapeuta argentino Máximo Ravenna, alia psicologia, psiquiatria, restrição e reeducação alimentar com exercícios físicos controlados.

Montagem com foto da presidente Dilma em outubro de 2014, à esquerda, e em fevereiro de 2015, à direita
Ichiro Guerra - Dilma 13 / Elza Fiúza - Agência Brasil
Montagem com foto da presidente Dilma em outubro de 2014, à esquerda, e em fevereiro de 2015, à direita

Antes de o método ficar famoso com a nova silhueta de Dilma, entrevistamos três mulheres que entraram em forma com a dieta . Danielle emagreceu 15kg em três meses, Tatiana perdeu 27kg em seis meses e Amélia se livrou de 43kg em nove meses. 

2. Detox volumétrica

A segunda dieta da lista das mais buscadas foi a detox volumétrica . Fazer dieta detox não é novidade, mas esse método propõe emagrecer comendo mais. O segredo está na escolha dos alimentos, baseada em fibras.

Nessa dieta, você come mais aquilo que dá mais saciedade, por exemplo, as fibras, que demoram mais para serem digeridas e absorvem água. Outro exemplo de troca proposta na dieta: a quantidade de calorias de um prato de macarrão integral com bife grelhado, acompanhado de suco de melão e flan de coco light, é a mesma contida em uma fatia de pizza de calabresa com mussarela. Portanto, vale comer mais de maneira saudável a apostar na pizza. 

Leia também: O que é dieta detox? Veja cardápio para limpar o corpo em uma semana

3. Dieta da Beyoncé

A Revolução dos 22 dias , dieta que fez a cantora Beyoncé  conquistar curvas de dar inveja e exibi-las em um vestido transparente do baile do MET, em Nova York, no começo do ano, também está na lista. Na semana passada, entrevistamos Marcos Borges, personal de Beyoncé e fisiologista do exercícios e autor do método, e Natália Ferreira, uma mineira que perdeu quase 10 cm de quadril nos 22 dias da dieta

Leia mais:  "Em 3 dias já senti a diferença", diz mineira adepta da "dieta da Beyoncé"

Beyoncé perdeu quase 30 kg após a gravidez com a 'Revolução dos 22 dias'
Divulgação/Getty Images
Beyoncé perdeu quase 30 kg após a gravidez com a 'Revolução dos 22 dias'


A dieta propõe 22 dias de alimentação baseada apenas em produtos veganos e naturais (nada de carnes - nem peixe - ou industrializados) e exercícios. Segundo o autor, depois desse período, seu corpo se acostuma aos novos hábitos. Entretanto, há quem discorde e reconheça que a dieta dá resultado imediato, mas que não deve virar uma rotina  a longo prazo. 

A lista ainda inclui a nova  dieta dukan , que segue a ideia de reduzir a quantidade de carboidratos ingeridos e aumentar a quantidade de proteína, mas inclui mais exercícios e ainda uma refeição de recompensa a cada etapa conquistada. 

Completam a relação a dieta da cabala , que foca corpo e mente e é semelhante a dos 22 dias, reduzindo sódio, glúten, açúcar e de carne e aumentando o consumo de água, sementes, frutas e verduras. E a quinta da lista é a dieta da barriga lisa , popular como Flat Belly Diet, em inglês. Aqui as carnes magras são liberadas e é indicada a ingestão de ácidos graxos monoinsaturados (as chamadas gorduras boas) nas três principais refeições do dia. 

Leia mais:  Alimentos que “dão barriga”: veja lista e como substituí-los na dieta

14 alimentos que ajudam a secar a barriga

Exercícios de 2015

O ano manteve o embalo e popularizou ainda mais exercícios como cross fit e balé fitnessDiversos famosos são adeptos do circuito funcional  que combina força e excerícios que lembram a rotina militar, com saltos e agachamentos, entre eles Giovanna Antonelli, a Atena da novela "A Regra do Jogo", e Bruno Gagliasso.

No cross fit, o aluno pode queimar 800 calorias por aula. E ainda há a competição para saber quem termina a série primeiro ou levanta mais peso, o que deixa a atividade mais divertida. E não se assuste se vir uma turma correndo pelas ruas do bairro, geralmente as atividades aeróbicas são feitas nos quarteirões em torno da academia. 

Giovanna Antonelli é adepta do cross fit e exibe um corpão de dar inveja
Reprodução/Instagram
Giovanna Antonelli é adepta do cross fit e exibe um corpão de dar inveja


Já o balé fitness ganhou espaço em mais academias e não apenas nos estudios de dança. Também fez sucesso com famosas como Taís Araújo, Karina Bacchi e Kizi Vaz, que viveu a Gabi na novela Babilônia. A modalidade ajuda a trabalhar a postura, deixa o corpo longilíneo e também melhora o tônus muscular, a flexibilidade, a respiração e o equilíbrio. A cada aula de 30 minutos, mais de 750 calorias são mandadas embora.

Taís Araújo na aula de balé fitness
Reprodução/Instagram
Taís Araújo na aula de balé fitness


A ideia também é, cada vez mais, misturar exercícios em busca de um resultado melhor (e mais divertido). Testamos uma aula de piloxing , modalidade que mistura boxe, pilates e dança e que chegou ao Brasil neste ano. Nossa subeditora suou a camisa e queimou mais de 700 calorias em uma hora de aula.  


Outra febre entre blogueiras como Gabrilea Pugliesi e famosas como Renata Kuerten é o funcional figth , que combina lutas e exercícios de pilates. A promessa, de acordo com o criador da modalidade, o ex-lutador Eduardo Munra, é definir músculos e queimar de 600 a 900 calorias por aula. 

Alimentos queridinhos de 2015

E não dá para falar de bem-estar e fitness sem falar dos alimentos queridinhos da dieta. A tapioca seguiu no topo e na boca do mundo desse universo fitness e saudável. Para 2015, a Associação Brasileira de Amido de Mandioca (Abam) estimava a produção de 650 mil toneladas de fécula de mandioca, sendo que 50 mil deveriam ser destinadas para o consumo de tapioca, crescimento de 30% em relação a 2014, segundo reportagem do jornal "O Estado de S. Paulo". A tapioca ainda ganhou variações, como a crepioca , que leva também ovo na receita. 

Clique na foto e veja a receita da crepioca
Edu Cesar


Com baixo índice glicêmico e cheio de vitaminas, açúcar de coco é um bom substituto para o refinado comum e foi apontado como um dos alimentos da moda de 2015.  Leia mais sobre esse açucar

E logo no começo do ano, ainda no embalo do último verão, o chá de matchá, extraído da camellia sinensis, veio com tudo com a promessa de dissolver a gordura e acelerar o metabolismo.  “É considerado o mais puro dos chás-verdes”, explicou Bruna Murta em uma reportagem do iG publicada no começo do ano . As folhas da matcha são cultivadas à sombra por várias semanas antes da colheita, fazendo com que a planta produza mais clorofila.

Matcha, da mesma planta do chá-verde
Thinkstock/Getty Images
Matcha, da mesma planta do chá-verde


“As folhas são colhidas de forma manual, cozidas ao vapor, secas e levadas a um moinho de pedra, sendo moídas lentamente. Dessa forma há maior preservação do valor nutricional”, detalha a nutricionista. Com esse processo, há uma maior concentração de antioxidantes, aminoácidos, clorofila, vitaminas e fibras do que o chá verde comum.

Além disso, os alimentos com whey se tornaram cada vez mais populares. E fizeram parte até de cardápio de festa de casamento. Na cerimônia da ex-Panicat Juju Salimeni com o fisiculturista Felipe Franco  havia beijinho de whey, panqueca fit e tudo para os marombeiros de plantão. 

A proteína também está em produtos na prateleiras dos supermercados. Segundo a nutróloga Liliane Oppermann, está cada vez mais simples comprar sorvete de whey e ele pode até substituir uma refeição. "O sorvete tem o proteína. Para não ficar uma refeição falha, acrescente uma fruta e também uma farofa com granola, linhaça, farelo de quinoa, aveia e frutas desidratadas (nada de açucar). Com isso, vai agregar fibras. E a farofa também tem carboidrato e as frutas têm frutose, carboidrato natural", explicou a especialista ao iG. 

Leia mais: Para comprar no mercado ou fazer em casa: o sorvete certo para cada dieta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.