Tamanho do texto

Som de metal arranhando vidro e giz riscando o quadro negro estão entre os mais desagradáveis

O som do giz arranhando a lousa está entre os mais insuportáveis
BBC
O som do giz arranhando a lousa está entre os mais insuportáveis

Pesquisadores da universidade de Newcastle mapearam os sons considerados os mais desagradáveis para o ouvido humano, segundo um estudo feito com voluntários submetidos a 74 sons diferentes. Eles descobriram que o som de uma faca arranhando uma garrafa de vidro é considerado o mais insuportável de todos.

Os pesquisadores tocaram as gravações e mediram como eles alteravam a atividade cerebral, usando um aparelho de ressonância magnética. Os resultados revelaram que sons desagradáveis provocaram uma reação mais intensa no cérebro.

Siga o iG Saúde no Twitter

O ruído de água escorrendo, algo aprazível aos ouvidos, é processado no córtex auditivo, mas quando o som causa desconforto ele ativa a amídala cerebral, uma região no centro do cérebro que processa emoções.

O segundo som registrado como mais insuportável também vem do atrito do metal com o vidro: um garfo raspando um copo. Em terceiro lugar, ficou o de um giz arranhando um quadro negro, seguido por uma régua em atrito com uma garrafa e, por fim, unhas em um quadro negro.

Outra descoberta da pesquisa é que sons na frequência de 2.000 a 5.000 Hz são os mais desconfortáveis, mas ainda não está claro porque eles afetam mais o ouvido humano. O estudo foi coordenado por Sukhbinder Kumar, que usou 13 voluntários durante os testes e publicou os resultados no Journal of Neuroscience.


Leia mais notícias de bem-estar 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.