Tamanho do texto

Você pode fazer os exercícios em casa ou usar as dicas de aparelhos para turbinar o trabalho longe da academia. Mas nada de neura! É tempo de curtir também

Folga de final de ano, férias com os filhos. Essa é uma época do ano que convida você a viajar. Aproveite e relaxe. Segundo o educador físico Cirilo Becher, quem já leva uma rotina de exercícios pode até fazer uma "reserva" para aproveitar os comes e bebes das festas sem mandar os treinos dos últimos meses por água a baixo.

Leia mais: Emagreça a ceia sem perder o sabor com substituições e receitas leves

Alimentos que “dão barriga”: veja lista e como substituí-los na dieta

Ou que tal curtir a folga e também se exercitar? A dica do professor é aproveitar os espaços ao ar livre, na praia ou na cidade. No vídeo abaixo, ele fala mais sobre o esse "saldo de calorias" para comer no Natal e no Ano Novo e como potencializar os exercícios sem correr riscos: 


Treino de 15 minutos

Se tiver um tempinho e disposição a mais, segundo a professora da academia Smart Fit Juliana Mouffron Bittencurt, você precisa de apenas 15 minutos para um treino vapt-vupt para se manter em forma mesmo viajando, longe da academia. A série rápida acelera o metabolismo.

Leia também: Alimentação correta antes do exercício físico faz toda a diferença .

Quando tomar whey protein? Óleos de coco ou chia ajudam a emagrecer?

“Um treino de alta intensidade é capaz de transformar glicose e gordura em energia, sem a necessidade de produzir o hormônio insulina, que ajuda a engordar. É importante que a atividade física seja regular, para que haja uma ação metabólica contínua”, orienta a especialista. 

Juliana indica cinco exercícios. O treino que deve ser realizado dentro de 15 minutos, considerando seis séries de 30 segundos para cada movimento: 


Mala fit

Você ainda pode turbinar os treinos com uma "mala fit". Damaris Dias, também professora de educação física da Smart Fit, indica alguns aparelhos que quase não vão ocupar espaço em sua mala e contribuem para a malhação onde estiver:

Chapéu chinês, faixa, TRX e miniball são alguns equipamentos fáceis de levar na mala
Reprodução/Pinterest
Chapéu chinês, faixa, TRX e miniball são alguns equipamentos fáceis de levar na mala


Corda:  Indicada para trabalhar coordenação, queima calórica, agilidade e equilíbrio, além de membros inferiores e, principalmente, o core, é de fácil manuseio e ocupa pouco espaço na bagagem.

TRX:  “É um item prático, compacto e pode ser usado em qualquer lugar. É um equipamento completo, que trabalha todas as regiões do corpo”, explica a professora Damaris. Segundo o especialista, o equipamento trabalha força, resistência, equilíbrio e coordenação motora.

Mini ball: de acordo com a professora, é um equipamento de fácil armazenamento na mala e pode ser inflado e esvaziado proporcionando mais espaço e pouco peso. O aparelho colabora no ganho de força, equilíbrio estático e recuperado, além de resistência muscular. “Pode ser utilizado deitado ou em pé. Dependendo do movimento, trabalha adutores, peitorais, glúteos”, comenta Damaris.

Chapéu chinês:  “Compacto e com grande grau de utilização para perda calórica, ele trabalha agilidade, coordenação, potência, velocidade de reação, core e membros inferiores”, reforça o especialista. Devem ser posicionados em sequência pré-determinada no solo e utilizados passando por todos os discos ou por discos pré-determinados.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.