Tamanho do texto

Especialistas das academias BodyTech e Just Fit dão dicas para você ter fôlego e músculos para brincar os quatro dias

Carnaval está aí e você já separou fantasia, escolheu os bloquinhos para seguir ou vai defender as cores de sua escola de samba na avenida. E seu corpo está preparado para tudo isso? Cair na folia pode ser uma malhação mais pesada do que a academia!

Veja dicas para arrasar e ter pique de passista no carnaval
Getty Images / Buda Mendes
Veja dicas para arrasar e ter pique de passista no carnaval


"A falta de preparo físico pode comprometer a saúde e ocasionar lesões. É importante respeitar os limites do corpo. Os abusos causam aumento da fadiga que pode levar a baixa da imunidade, irritabilidade, mau humor e desidratação, sensações que não combinam com esse momento de alegria e divertimento", afirma Eduardo Netto, diretor técnico da rede de academias Bodytech.

Pensando nisso, reunimos dicas de especialistas para você se preparar para o ritmo acelerados dos tamborins no carnaval:

1. Intensifique o trabalho aeróbico

Segundo ao professora de educação física Luciana Maria da Silva, da rede Just Fit Academias, intensificar o treino aeróbico aumenta a resistência para curtir o samba e ainda ajuda a queimar aqueles quilinhos a mais.

"Os treinos devem ser intervalados e terem, no mínimo, 45 minutos entre a bicicleta e a esteira em velocidade 7 e a respiração precisa ser abdominal, principalmente quando a ideia é manter um bom ritmo", sugere Luciana.

Aulas de spinning podem ser ótimas aliadas ao fôlego do folião
Thinkstock
Aulas de spinning podem ser ótimas aliadas ao fôlego do folião


Para quem frequenta academia, as aulas são ótima opção. Veja os horário, experimente ritmos novos e mande mais calorias embora.

2. Treine força e resistência

"Os exercícios localizados de força vão ajudar a manter as pernas fortalecidas. Isso não vai deixar o cansaço tomar conta do corpo durante os 5 dias de folia", diz Luciana. "A força e resistência musculares podem ser desenvolvidas por exercícios estáticos (isométricos) e dinâmicos (isotônicos ou isocinéticos). Os mais recomendados para adultos saudáveis são os dinâmicos e funcionais", orienta Netto.

O diretor da BodyTech ainda detalha as repetições que devem ser feitas: "6 a 8 repetições é melhor para o desenvolvimento da força e a potência muscular. Em indivíduos acima de 50 anos ou muito sedentários é recomendável fazer de 10 a 15 repetições, o que auxilia na prevenção de lesões". O ideal é iniciar o treinamento com duas sessões semanais, podendo-se chegar a cinco ou seis sessões, desde que de forma gradual e com orientação do professor.

Fazer musculação: amplia a utilização da gordura como fonte de energia e estimula o aumento da massa muscular
Getty Images
Fazer musculação: amplia a utilização da gordura como fonte de energia e estimula o aumento da massa muscular


Netto também indica exercícios que simulem o esforço e os movimentos do folião. "Eles devem ser executados em velocidade controlada, com a máxima amplitude e com uma respiração normal sem bloqueios para evitar o aumento exagerado da pressão arterial", explica.

3. Não esqueça do alongamento

Além de fortalecer os músculos e cuidar da parte respiratória para ter fôlego na folia, é preciso se alongar. "Realize os alongamentos para compensar o intenso trabalho a nível muscular", indica Netto. O exercício traz uma série de benefícios, segundo especialistas: aumento na amplitude articular, funcional, performance muscular e na prevenção e tratamento de lesões.

O alongamento fortalece grupos musculares, corrige a postura e evita a ocorrência de cãimbras
Thinkstock Photos
O alongamento fortalece grupos musculares, corrige a postura e evita a ocorrência de cãimbras

"Os grupamentos musculares que necessitam de mais alongamento são os flexores dos joelhos, panturrilha e coluna lombar (para a prevenção de lombalgias e melhor desenvolvimento dos abdominais), ombros e a cintura escapular (para a melhora da postura e prevenção de dores ou lesões no pescoço)", enumera.

Leia mais:  Aprenda como se alongar para enfrentar a maratona de blocos neste carnaval

4. Alimente-se e hidrate-se bem

Dançar, pular, caminhar aumenta a temperatura corporal e a combinação de folia, calor e ingestão de bebidas alcoólicas podem provocar desidratação. "A falta de água no organismo pode causar câimbras, perda de coordenação e redução da performance. A água ajuda a manter o equilíbrio dos ácidos, regula a pressão sanguínea, controla a temperatura do corpo e ajuda a eliminar as impurezas", explica Netto. "Cerca de 60% de nosso organismo é constituído por água“, lembra a professora da Just Fit.

Água saborizadas ajudam na hidratação e ainda são aliadas das dietas. Veja receitas
Divulgação/Oba Hortifruti


"É importante beber muita água, sucos de frutas, água de coco. A ingestão de água também ajuda a combater os sintomas da ressaca, dor de cabeça e o famoso mal estar do dia seguinte", completa Netto.

Leia mais:  Aprenda a fazer sucos que refrescam e também hidratam

Abuse dos alimentos que hidratam. Veja quais são

Sucos para dar energia no Carnaval

Vale também apostar em alimentos leves, com carboidratos integrais, fibras e proteínas magras, segundo Luciana.

5. Durma

Durante o carnaval você quer é de divertir, mas lembre-se de dormir também. A privação de sono vai se refletir em menos energia para a folia e pode aumentar os níveis de estresse.

Leia mais: Seis passos para criar o ambiente certo para o sono

Maioria das pessoas sabe que ter uma boa noite de sono é importante, mas poucos passam oito ou mais horas debaixo dos lençóis
Thinkstock Photos
Maioria das pessoas sabe que ter uma boa noite de sono é importante, mas poucos passam oito ou mais horas debaixo dos lençóis



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.