Tamanho do texto

“A aula é fácil para todo mundo malhar junto”, diz idealizadora Mônica Tagliari

Professores são capacitados em aeróbica retrô, modalidade que foi moda nos anos 80 e promete voltar no próximo verão
Divulgação
Professores são capacitados em aeróbica retrô, modalidade que foi moda nos anos 80 e promete voltar no próximo verão
Quem já passou dos 40 anos – e deseja voltar a exibir a silhueta de 20 anos atrás – pode encontrar a mesma fórmula de emagrecimento que já foi moda no mundo da malhação, mas esteve sumida das academias nas últimas duas décadas.

As aulas de aeróbica, sucesso dos nos 80 e 90, cederam espaço para os exercícios feitos com aparelhos de última geração. No próximo semestre, elas devem voltar ao trono, apostam os empresários, como alternativa não só para perder peso como fidelizar a ginástica na rotina.

Leia também: A volta da malhação dos anos 80

Durante a 21ª feira internacional de Fitness, que ocorreu em Santos (litoral paulista) no último feriado de Páscoa, os professores afirmaram que esta modalidade cardiovascular vai voltar com tudo no próximo semestre por conciliar baixo custo para os proprietários do ramo (pois reúne em uma mesma sala mais de 30 alunos com um único professor) e diversão.

Batizada de “aeróbica retrô”, a aula foi resgatada do túnel do tempo pela personal de Porto Alegre e um dos principais nomes da ginástica brasileira, Mônica Tagliari. Ela capacitou mais de 600 profissionais de todo País, que reaprenderam as técnicas (ou tiveram contato pela primeira vez, já que muitos eram bem jovens) que misturam passos curtos, caras e bocas e nenhum auxílio de ferramentas como pesos, steps ou cama elástica.

Faça o teste e descubra como anda o seu fôlego

“É a ginástica tradicional, que tem coreografias fáceis, exige o mínimo de coordenação motora e ainda é muito divertida”, explica Mônica. Na aula acompanhada pelo iG Saúde , foram ensinadas cinco sequências de exercícios, repetidas por partes, que ao final formam uma dança capaz de queimar até 500 calorias em 45 minutos.

“Os professores cometeram um erro no passado, pois deixaram a aeróbica muito difícil, quase profissional e impossível de ser acompanhada pelos leigos”, diz Mônica.

“Não pode ser assim. Precisa ser uma aula fácil, para todo mundo malhar junto e não espantar o aluno. Percebemos que os frequentadores de academias querem fazer parte de algum grupo e, talvez, a maioria da população esteja distante dos espaços por não conseguir identificação com os aparelhos de musculação. A aeróbica pode ser um caminho.”

A aeróbica também é retrô na trilha sonora. “Baby remember my name”, sucesso no clássico filme Fama, dos anos 80, é quem convida para o início dos exercícios. Flash Dance também embala os movimentos, assim como Marina, Blitz, George Michael, Michael Jackson e outros ícones das décadas passadas. Os participantes batem palmas, giram, fazem passos em sequência, tudo isso intercalado por "gritinhos" típicos da aeróbica.

Aos interessados, é só vasculhar os armários, tirar o mofo das polainas coloridas, amarrar uma faixa na cabeça e, com figurino fazendo jus à época, correr para a dançar à moda antiga.

Outras novidades que estarão nas academias a partir do segundo semestre deste ano:

Zumba, a aula latina fácil, fácil

Sh’Bam, o happy-hour da dança

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.