Bem-Estar

enhanced by Google
 

Central Park, o queridinho de Nova York

Cenários de inúmeros filmes, o parque oferece diversas rotas para correr ou caminhar. Há percursos para iniciantes e maratonistas

Ricardo Donisete, especial para o iG São Paulo

Compartilhar:

Foto: SXC

Esportistas correm na Central Park Drive

Candidato forte ao posto de parque mais famoso do mundo, figurinha fácil no cinema norte-americano e orgulho da cidade de Nova York, o Central Park é também paraíso para quem gosta de praticar esportes ao ar livre e melhor ainda para quem gosta de correr ou caminhar.

Com dobro do tamanho do paulistano Parque do Ibirapuera, os 3,4 Km2 de área verde, no coração de Manhattan, têm percursos de todos os tamanhos, daqueles que podem ser feitos na hora almoço aos que levam uma manhã ou uma tarde inteira de muito suor.

Para quem está com o horário apertado e não quer perder tempo com uma rota complicada, uma boa alternativa é caminhar pelo Great Hill, uma área elevada do Central Park com uma pista oval em sua volta, próximo ao cruzamento da Rua 105º com a Avenida Central Park West.

Leia também: mania de corrida

Nos seus 402 metros, é fácil encontrar novaiorquinos adeptos de caminhadas diárias. Também em um circuito ovalado, o Great Lawn é outra opção mais objetiva, só que com um tamanho maior, 885 metros. O trecho, em frente ao famoso museu Metropolitan, é indicado para quem está começando a praticar atividades físicas e precisa de tranquilidade para adquirir ritmo.

Foto: SXC

A beleza do parque no coração de Manhattan

Quem tem mais tempo e está com o fôlego em dia, deve encarar o desafio de fazer o trajeto no entorno do Reservatório Jacqueline Kennedy Onassis, uma enorme represa na parte central do parque. A incrível vista compensa o cansaço provocado pelo total de 2,5 km. Enquanto corre ou caminha, você pode admirar as árvores cerejeiras que circundam a pista de brita e os patos, mergulhões e garças que se refrescam n’água. Facilitando a vida do esportista, existem marcações neste percurso que informam a cada 100 jardas (91,44 metros) percorridas.

Leia também: qual sua frequência cardíaca?

A última sugestão de corrida/caminhada é a mais difícil, indicada a quem treina há um bom tempo e tem pretensões de se tornar um maratonista. O percurso envolve uma volta completa no parque, com quase 11 km. No asfalto, ele só deve ser feito quando a Central Park Drive, uma via que circunda todo o parque, está fechada ao tráfego de veículos. Isso acontece de segunda à sexta das 10h às 15h e das 19h às 22h. Nos finais de semana os carros não entram no parque e o caminho fica livre para os corredores. Você pode começar essa rota em diversos trechos, mas uma boa pedida é começá-la na Rua 90º e seguir na direção norte, dando toda a volta até chegar ao ponto inicial novamente.

Foto: SXC

Vista aérea do Reservatório Jacqueline Kennedy Onassis

Essas são apenas quatros indicações de rotas que podem ser feitas no Central Park, mas existem inúmeras outras no imenso parque. O site CentralPark.com oferece um detalhado mapa com sugestões de percursos. É só escolher um, colocar o tênis, o protetor solar e sair correndo.

Leia também: esteira absorve três vezes mais o impacto da corrida

Mas antes disso, não se esqueça de conferir as dicas de segurança abaixo, ela são fundamentais para quem pratica esporte pela primeira vez numa cidade desconhecida, mesmo num local considerado seguro como este.

Fique esperto!

> A área do parque é muito grande, difícil de ser patrulhada pelo polícia. Não descuide da sua segurança
> Fique atento a quem corre do seu lado, mude a rota se for necessário
> Planeje uma maneira fácil e rápida de sair do parque em caso de emergência
> Evite levar aparelhos eletrônicos como tocadores de MP3, eles são os alvos preferenciais dos bandidos
> Se for correr à noite, não vá sozinho e não saia das áreas iluminadas
> Guarde a localização dos telefones públicos, eles discam direto para a administração

Bons passos:

Localização: Manhattan/Nova York
Horário de funcionamento: 6h da manhã à 1h da madrugada
Telefones: (212) 794-6564 (geral)/ (212) 570-4820 (administração)
Estacionamento: Não é possível estacionar no local e nas ruas próximas
Como chegar: O metrô é a melhor opção, diversas estações servem o parque. Veja a melhor para você
Entrada: Grátis
Vestiário: Não possui
Sanitários: Possui

    Notícias Relacionadas


    Ver de novo