Tamanho do texto

Circuito entre a Praia Brava e o distrito de La Barra não exige muito esforço e permite admirar mansões cinematográficas

Poucos lugares foram tão badalados nos últimos anos como Punta del Este. O balneário uruguaio ficou famoso no Brasil por hotéis de grife, grande frequência de ricos e famosos e uma vida noturna pra lá de animada.

Mas nem só de badalação vive esse local estrelado. Lá também é possível se exercitar dando boas pedaladas à beira mar, especialmente no circuito localizado entre a Praia Brava e o distrito de La Barra.

Conseguir uma bicicleta em Punta não é difícil. Diversas lojas na cidade oferecem o serviço de locação e muitos hotéis e albergues locais também alugam ou até as emprestam bikes para os hóspedes. Uma opção inusitada para arranjar uma “magrela” é descolá-la em alguns café locais, como o La Bicicletta Café, em La Barra. Eles colocam à disposição do turista que gosta de pedalar um pacote curioso: você vai até eles, pega uma bike, faz o passeio e depois volta para fazer um lanche no café. E paga só pelo que comeu.

Faça o nosso Programa de Exercícios e saia do sedentarismo!

Já com a bike, é hora de começar a pedalar. Inicie o percurso pela Praia Brava, uma das mais badaladas de Punta. Ela é a preferida dos jovens e surfistas, atraídos pelo mar revolto que o próprio nome já indica. Um ponto de referência na região é o famoso hotel e cassino Conrad.

Do ponto inicial ao final, em La Barra, você vai pedalar sem esforço exagerado, já que o percurso é quase todo plano, com pouquíssimas elevações. No caminho, vai ser possível admirar toda a beleza das praias locais, a arquitetura sensacional das mansões construídas pelo caminho e o agito permanente que a beira-mar sedia em Punta.

Essa rota básica completa totaliza cerca de 15km. A ausência de subidas pode animar os mais empolgados a fazer um bate-e-volta, chegando assim aos 30km. É claro, também dá para fazer percursos menores pela orla local. O site Viva Punta oferece mapas que podem ser úteis para escolher uma rota assim. O importante é não deixar viver o prazer de conhecer essa bela praia em duas rodas.

Fique esperto!
- Por tradição, a badalação nas praias de Punta só começa depois da hora do almoço. Então se você prefere pedalar num clima mais calmo, escolha o horário da manhã
- No alto verão, a orla da cidade fica lotada de turistas, fique atento ao fluxo constante de pedestres e evite acidentes
- No inverno (entre junho e setembro) o vento é forte na orla e a temperatura cai e fica entre 8°C e 15°C. Se quiser enfrentá-lo, use roupas adequadas
- Apesar de o espanhol ser a língua oficial, muitos atendentes de hotéis e lojas entendem português. Não se acanhe em tirar as suas dúvidas antes de sair

Boa rota!
Localização: Uruguai/Orla de Punta del Este
Horário: livre
Transporte: o serviço de ônibus da cidade é insuficiente e demorado. Os táxis são caros. A melhor opção para longas distâncias é alugar um carro
Estacionamento: sim

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.