Tamanho do texto

Cidade berço do renascimento italiano oferece uma excelente rede de vias para quem escolher a bicicleta como transporte

Florença figura facilmente como um dos maiores centros de arte e cultura do mundo. Berço do Renascimento italiano, com prédios de arquitetura impressionante, a capital da região italiana da Toscana também pode ser um excelente roteiro para pedalar, com ruas planas e ciclovias bem sinalizadas.

O trânsito em duas rodas é tão comum na cidade, que grande parte dos hotéis locais oferecem gratuitamente bicicletas aos seus hóspedes. Se o seu hotel não oferece este serviço, alugar uma “magrela” por lá também é bem fácil. Diversos pontos de Florença têm lojas que oferecem aluguel de bikes. A locação por 12 horas sai cerca de R$ 15.

Com mais de mil anos de existência, Florença tem vias mais antigas que o nosso Brasil. De tão antigas, são ruas estreitas e sinuosas, nada adequadas para os carros e ônibus, mas perfeitas para o trânsito de bicicletas, que circulam com desenvoltura pela atmosfera renascentista da cidade.

Um bom lugar para começar a pedalar é na Ponte Vecchio, um lindo arco medieval sobre o Rio Arno, no centro da cidade. Saindo da ponte pela margem esquerda, vá em direção à Galleria degli Uffizi, um museu que guarda preciosidades como o quadro “O Nascimento de Vênus" de Botticelli.

Leia: Versailles de bicicleta

Saindo da Uffizi, siga rumo ao Jardim Boboli usando a Via Costa San Giorgio, prossiguindo pelas vias de San Leonardo, Galileo e Michelangelo. Quando chegar novamente ao Rio Arno, acompanhe a margem até voltar novamente à ponte. Com este percurso, você terá percorrido por volta de 5km.

Além desta rota pelas ruas, você pode usar as ciclovias da cidade para fazer um percurso customizado. No site Florence Bike Pages é possível encontrar todas as vias exclusivas para bicicletas na cidade. Escolha a que mais agrada e descubra o prazer de pedalar em Florença.

Fique esperto!
• Pedalar no centro de Florença exige cuidado, já que o piso de boa parte das ruas é feito de pedras irregulares
• Janeiro e fevereiro são os únicos meses do ano não indicados para os ciclistas. O inverno castiga e a temperatura se aproxima de 0ºC
• Infelizmente, o roubo de bicicletas é bem comum em Florença. Certifique-se que a sua esteja presa ao um bom cadeado quando precisar deixá-la estacionada
• Controle sua velocidade, as ruas do centro da cidade são estreitas e sinuosas. Neste caso, pode ser difícil frear quando surgir um obstáculo

Boas pedaladas:
Localização: Itália/Florença
Horário: livre
Transporte: ônibus (confira as linhas no site do sistema de transportes local )

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.