Tamanho do texto

Área verde era originalmente um jardim privado imperial

Quiosque Cadir, um dos prédios charmosos do Parque Yildiz
Gryffindor/ Wikimedia Commons
Quiosque Cadir, um dos prédios charmosos do Parque Yildiz
Quem caminha ou corre pelas alamedas do Parque Yildiz, além de se exercitar, também passeia um pouco pela história da Turquia. A enorme área verde era originalmente o suntuoso jardim privado imperial do Palácio Yildiz, que está preservado até hoje e que pode ser visitado pelo público. Incrustado no distrito de Besiktas, na área metropolitana de Istambul, o parque virou um refugio da agitação da cidade, oferecendo um incrível vista do estreito de Bósforo, que liga o Mar Negro e Mar Mármara, separando os continentes europeu e asiático.

Leia também: mania de corrida

Hoje, abertos ao público, o Palácio Yildiz e seu parque eram desfrutados apenas pelos seus antigos moradores, os sultões Otomanos. Um deles, Abdulhamid II, foi o responsável pela diversidade da área verde do local, ordenando que fossem plantadas flores raras e árvores de todo o mundo nos seus jardins. Ele também mandou instalar muitas fontes, lagos e prédios de arquitetura distinta. Essa mistura agrada os habitantes de Istambul, que lotam o lugar nos fins de semana para fazer piqueniques, caminhar e correr.

Entrada principal do Parque Yildiz
Chapultepec/ Wikimedia Commons
Entrada principal do Parque Yildiz
Apesar do clima familiar e amigável, o charmoso parque de Istambul exige fôlego de quem caminha ou corre nele. Parte dele está situada em áreas elevadas, o que faz de algumas de suas pistas de verdadeiras ladeiras. Quem não estiver a fim de fazer todo o percurso a pé, pode entrar de carro no local, mas terá que pagar um taxa, aproximadamente R$ 6. Bastante arborizado, Yildiz torna mais agradável a prática de esportes. O parque dispõe, inclusive, duas áreas com aparelhos de ginástica ao ar livre, que podem ser usados gratuitamente.

Leia também: corra para largar o cigarro

Assim como o palácio e o parque, o bairro onde fica a área verde também se chama Yildiz, palavra que significa estrela em turco. Não é difícil chegar lá, diversas linha de ônibus (veja abaixo) passam pela região, que fica na margem européia do estreito de Bósforo. Quem está do lado asiático tem que tomar alguma condução que atravesse uma das duas pontes que ligam os dois continentes, a Ponte do Bósforo ou a Ponte Sultão Fatih Mehmet.

Fique Esperto!

A população de Istambul está acostumada receber turistas de todo o mundo e a conviver com a diversidade cultural. No entanto, num país religioso, com a população majoritariamente muçulmana, é recomendável se vestir com descrição na hora de correr ou caminhar, evitando roupas muito curtas ou decotadas, no caso das mulheres.

Com muitas árvores, Yildiz tem sombra garantida para quem corre
Chapultepec/ Wikimedia Commons
Com muitas árvores, Yildiz tem sombra garantida para quem corre
Bons passos:

Local: Turquia / Istambul
Funcionamento: 10h às 21h (verão) / 9h30 às 17h30 (inverno)
Como chegar: Ônibus / Linhas 22, 22RE, 25E, 30D, 40, 40T, 42, 57UL, DT1, DT2, or U1
Estacionamento: Possui, dentro e fora do parque
Entrada: Gratis
Vestiário: Não possui
Sanitários: Possui
Site oficial (em turco): http://www.yildizparki.com/

Leia mais
Central Park, o queridinho de Nova York
Buenos Aires: plana e linda

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.