Tamanho do texto

Wendy Green, autora do livro 50 Coisas que Você Pode Fazer para Lidar com a Enxaqueca, sugere ações comportamentais

A respiração lenta e profunda relaxa os músculos e libera a tensão, ajudando a combater a dor
Thinkstock/Getty Images
A respiração lenta e profunda relaxa os músculos e libera a tensão, ajudando a combater a dor
O estresse pode ser um fator importante nas cefaleias . Pesquisas têm mostrado que saber administrá-lo e relaxar podem ajudar na prevenção da enxaqueca . Confira as dicas.

Identifique os fatores desencadeantes do seu estresse
Faça um diário, registrando durante uma ou duas semanas, detalhes de situações, horas, lugares e pessoas que o fazem se sentir estressado. Identificando seus gatilhos, fica mais fácil encontrar meios de evitar, minimizar ou aprender a lidar melhor com eles.

Teste: Você está estressado?

Aprenda a delegar
O perfeccionismo pode levar a uma necessidade de controle – você acha que ninguém mais pode atingir seus altos padrões e faz tudo sozinho. Isso, inevitavelmente, leva à sobrecarga física e mental. Aprenda a ouvir ideias e opiniões de outras pessoas e a delegar tarefas.

Seja assertivo
“Não” é uma palavra que pode reduzir drasticamente seus níveis de estresse. Se estiver sobrecarregado e perceber a tensão aumentar, tente dizer “não” a tarefas não essenciais. Caso ache difícil negar, tente trabalhar sua habilidade de ser assertivo. Ser assertivo possibilita que você diga o que quer, sente e precisa, com calma e segurança.

Administre seu tempo
Reveja seu planejamento de tempo. Priorize o que realmente é importante, numere as tarefas por urgência e procure executá-las na ordem.

Seja ativo
O exercício regular é um excelente antídoto para o estresse porque libera endorfinas, que ajudam a melhorar o humor e aumentam a sensação de bem-estar. Pesquisas sugerem que a atividade física moderada influencia na frequência das crises de enxaqueca.

Conheça o Programa de Caminhada do iG Saúde

Respire profundamente
A respiração lenta e profunda reduz a frequência cardíaca, relaxa os músculos e libera a tensão. Inspire devagar pelo nariz e conte até cinco, deixando que o abdome se expanda; segure o ar contando até cinco e depois expire devagar pelo nariz contando até cinco, enquanto encolhe o abdome devagar. Repita por 10 vezes.

Durma bem
O sono é um fator importante nas enxaquecas – ter distúrbios do sono e dormir demais ou muito pouco podem atuar como gatilho das cefaleias. A falta de descanso adequado também aumenta os níveis de estresse.

Continue lendo:
Como lidar com a enxaqueca
Enxaqueca: as alternativas aos remédios
Boa alimentação contra a enxaqueca

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.