Técnica de automassagem usa a pressão dos dedos em pontos de acupuntura

Nascido na década de 70 como uma técnica de automassagem, o do-in é considerado uma versão ‘faça você mesmo” da Terapia Corporal, em que própria pessoa busca em uma tabela a relação entre o sintoma e o ponto do corpo que poderia ser massageado para melhorar o quadro.

O do-in é feito com a aplicação da pressão dos dedos em pontos tradicionais de acupuntura. Ele pode ser aplicado por um terapeuta ou sob a forma de auto-terapia.

Pressão em pontos de acupuntura: alívio para sinusite, enxaqueca e outras dores
Getty Images/Photodisc
Pressão em pontos de acupuntura: alívio para sinusite, enxaqueca e outras dores
COMO É FEITO
Na versão "faça você mesmo" a massagem consiste em pressionar os pontos por alguns minutos observando numa tabela a relação entre o problema que se quer tratar e o ponto que deve ser massageado.

No consultório os profissionais que aplicam a técnica não usam tabelas. Cada caso é estudado individualmente e os pontos são escolhidos de acordo com a sensibilidade de cada paciente.

BENEFÍCIOS
Melhora e alívio dos nos sintomas de sinusite, resfriado, enxaqueca e dor no estômago, entre outras doenças.

CUIDADOS
A pressão nos pontos não deve ser exagerada, ou o local pode ficar dolorido. Sem o domínio da técnica e a pressão em pontos errados, os sintomas podem não melhorar.

PREÇO
Em casa o tratamento sai de graça. No consultório, as consultas duram 50 minutos, custam cerca de R$ 70 e podem incluir outros tipos de tratamentos complementares.

ONDE FAZER
No site do Sindicato dos Terapeutas , é possível encontrar a indicação de profissionais de todo o país especialistas em Terapia Corporal (vertente do qual o do-in faz parte). O telefone do sindicato é: 0800-117810.

CONHEÇA OUTRAS MASSAGENS

Abhyanga

Chavutti Thirumal (Kalari)

Garshana

Shirobhyanga ou Champ

Shiatsu

Watsu

Anma

Aromaterapêutica

Bambuterapia

Massagem com pedras quentes

Lomi lomi

Drenagem linfática

Massagem facial

Massagem para gestantes

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.