Tamanho do texto

Nutrólogo afirma que, após chegar ao peso ideal, é preciso mais três anos de controle. Veja dicas para emagrecer de vez e não engordar mais

O médico Cristiano Merheb, especialista em Nutrologia e membro da Associação Brasileira de Nutrologia, compara o corpo humano a uma máquina perfeita. Sendo assim, o organismo também precisa de programação e rotina  e, por isso, pode demorar para responder aos comandos dados por uma nova dieta e o início de exercícios físicos.  E é por isso que, muitas vezes, ocorre o efeito sanfona .  

Leia também: Machucou a pele? Veja mais de 20 alimentos que ajudam na cicatrização

Médico revela o segredo para evitar o efeito sanfona: três anos de dieta alimentar mesmo após alcançar o peso ideal
shutterstock
Médico revela o segredo para evitar o efeito sanfona: três anos de dieta alimentar mesmo após alcançar o peso ideal


“Alguns estudiosos de nutrição humana acreditam que o organismo mantém uma espécie de memória metabólica, com a tendência a retornar ao estado anterior, após sofrer alteração”, explica Marheb.

“Então, após um programa de emagrecimento, a pessoa deve enfrentar um período prolongado (entre 2 e 3 anos) de reeducação alimentar , dando oportunidade ao corpo de esquecer os padrões anteriores para não recuperar o que emagreceu”, esclarece o nutrólogo.

Para ajudar a evitar o emagrece-engorda, processo chamado de efeito sanfona, o médico oferece 9 dicas:

1) Evite esquemas dietéticos muito rigorosos e prolongados. O ideal é enganar o corpo de modo que ele não sinta falta do que está perdendo;

2) Estipule horários para todas as refeições e cumpra-os diariamente, realizando as principais refeições do dia (café da manhã, almoço e jantar) e fazendo pequenos lanches entre elas. O importante é não ficar com fome, o que fará com que você se alimente muito mais na refeição seguinte;

3) Nunca deixe de incluir verduras e legumes às refeições, principalmente saladas cruas. São alimentos ricos em fibras e que ajudam a dar maior saciedade, fazendo com que você se alimente menos;

4) Não há necessidade de cortar as guloseimas favoritas, como o chocolate ou o sorvete. Apenas estabeleça um dia da semana específico para isso e uma pequena quantidade;

5) Evite o consumo de alimentos muito salgados. O sal gera inchaço e aumenta a sensação de peso;

6) Beba sempre muita água ao longo dia! Evite as bebidas industrializadas, normalmente ricas em sódio e aditivos químicos, prejudiciais ao organismo. A água ajuda na função intestinal, na saúde da pele, na limpeza do organismo, na circulação e no emagrecimento saudável;

7) Mastigue bem os alimentos, sem pressa. Isso ajuda a boa digestão, dando tempo suficiente para que o estômago envie uma mensagem ao cérebro informando que já está satisfeito;

8) Faça sempre pratos variados, com um pouco de cada grupo alimentar. Ou seja, inclua sempre um pouco de carboidrato, proteína e gordura. Um prato de macarronada com carne e queijo, por exemplo, engorda menos que um prato de macarronada pura, isso porque as proteínas e gorduras ajudam a regular a digestão, reduzindo a absorção do amido presente no macarrão, além de proporcionar maior saciedade;

9) As atividades físicas são imprescindíveis para quem quer manter um peso saudável, sendo uma das principais responsáveis em manter o metabolismo sempre ativo. Não deixe de incluir exercícios físicos na sua rotina.

Leia também: 6 dicas aprovadas do que fazer depois das 18h para emagrecer de vez


    Leia tudo sobre: dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.