Tamanho do texto

O que um top de ginástica deve ter para garantir segurança e conforto aos seios

Top ajuda no conforto da prática de exercício
Getty Images
Top ajuda no conforto da prática de exercício
Por enquanto, ele existe apenas como protótipo, mas já tem as características essenciais para conquistar um lugar próximo ao coração de toda mulher.

Conheça um programa de exercícios

Um estudo brasileiro liderado pelo ortopedista e traumatologista, Felipe Alloza, analisou o impacto da corrida nas mamas e identificou quais as reclamações mais recorrentes das mulheres ao realizar o exercício.

De posse desses dados e da avaliação de como reduzir essas consequências, nasceram as bases para a criação do top ideal.

++FOTOS : 19 alimentos que ajudam a perder a barriga

Segundo Alloza, são quatro as queixas mais frequentes entre as mulheres: 45% das entrevistadas para o estudo reclamaram do balanço dos seios; 20% mencionaram atrito ou ardor nos mamilos; 15% citaram a compressão do seio e 12% a elevação da temperatura ocasionada pelo uso da peça.

Os pesquisadores avaliaram também fatores relacionados aos problemas identificados na pesquisa, como movimento, dor nos músculos, função respiratória e rendimento.

No caso da oscilação das mamas, por exemplo, “o uso do top adequado melhora a contenção e reduz a amplitude da oscilação das mamas, reduzindo as dores”, explica Felipe Alloza. Em geral, com o uso de uma peça apropriada é possível diminuir o balanço em até 30%.

“As mamas se mexem em três eixos: lateralmente, verticalmente e para frente e para trás. Neste último eixo, por exemplo, é possível reduzir a oscilação de 66mm para 50mm”, completa.

“A sustentação correta evita que a mulher sinta dor devido ao movimento pendular. Com o top, a mama fica rente ao corpo e não prejudica nem a cervical e nem a lombar”, avalia o mastologista Roberto Vieira, membro da Sociedade Brasileira de Mastologia e pesquisador da Fiocruz. Quando a peça é adequada à mulher, ela não influencia na capacidade respiratória, nem no rendimento ao longo do exercício.

Para sanar os demais problemas como o atrito, a compressão e temperatura, os pesquisadores aconselham prestar atenção em outros fatores importantes como tecido, modelo e numeração.

“Durante o estudo, encontramos mulheres com tamanhos de seios bem diferentes e usando a mesma numeração. Isso significa que para alguém aquela peça estava muito apertada ou muito frouxa. A numeração não deveria seguir o padrão americano ou europeu, mas sim um padrão brasileiro, que é diferente”, afirma Alloza.

Dicas para achar o top ideal

Protótipo do Top perfeito
iG São Paulo
Protótipo do Top perfeito

Com base nas informações da pesquisa, o consultor têxtil Jose Favilla, da tecelagem Santaconstancia, idealizou um protótipo do top ideal. Para evitar o movimento excessivo, sugeriu a criação de um modelo que encapsulasse o seio, ou seja, a compressão na região deve ser feita em volta da mama.

O tecido, explica Favilla, deve ser agradável ao toque, além de permitir uma ventilação adequada. “Ele não pode permitir a proliferação de bactérias, que causam mau cheiro, e em certos lugares, como entre as mamas, deve ter um painel de ventilação com tecidos porosos ou vazados”, indica.

(De lado) Protótipo do Top perfeito
iG São Paulo
(De lado) Protótipo do Top perfeito
Além disso, a peça precisa ter alças largas (para evitar machucar ou marcar pele) e uma modelagem ampla nas costas, já que os músculos ali localizados são de extrema importância na sustentação dos seios durante o movimento.

Para chegar às lojas

Além de ser um problema feminino, encontrar um top que se aproxime ao máximo da perfeição também é uma preocupação da indústria. 

O estudo pode ajudar empresas a seguirem um caminho mais certo na hora de melhorar os modelos já existentes. O desafio é aliar tecnologia, conforto e beleza em uma única peça.

Enquanto o top ideal não chega às prateleiras, o ortopedista faz duas recomendações.

“É importante

(Costas) Protótipo do Top perfeito
iG São Paulo
(Costas) Protótipo do Top perfeito
que a mulher se conheça e aprenda a reconhecer a peça que mais atende às suas necessidades. O resultado do nosso estudo pode ajudá-las na questão bem-estar e performance.”

Fique linda para o verão em 4 etapas

ETAPA1

ETAPA 2

ETAPA3

ETAPA 4

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.