Pesquisadores britânicos estudam novo medicamento

Cólicas? Novo medicamento em estudo promete aliviar problema
Getty Images/Photodisc
Cólicas? Novo medicamento em estudo promete aliviar problema
Cientistas descobriram um novo medicamento, já em fase de testes com voluntárias, criado especificamente para melhorar não apenas os sintomas mas a causa das cólicas menstruais.

A condição, chamada dismenorreia, é a causa principal de faltas na escola e no trabalho entre adolescentes e mulheres acima dos 20 anos. O estudo foi apresentado na reunião anual da Sociedade Americana de Química, na última sexta-feira.

De acordo com pesquisas da farmacêutica, a cólica menstrual intensa atinge de 45% a 90% das mulheres. Além da forte dor no abdome e nas costas, os sintomas podem incluir náusea, vômitos, diarréia e dor de cabeça. Cólicas são causadas por contrações do útero durante a menstruação. Na desmenorreia, o útero se contrai com freqüência, causando dor intensa. A causa, segundo os cientistas, é um aumento nos níveis de hormônios vaso supressores, que têm um papel fundamental na regulação da contração uterina. A nova droga tenta bloquear esse hormônio a fim de aliviar o problema.

Os tratamentos existentes hoje são os analgésicos, antiinflamatórios, e contraceptivos orais , mas nenhum deles é eficiente para aproximadamente um terço das mulheres com dores moderadas ou severas. Os medicamentos, em geral, apenas aliviam os sintomas, e não a causa, e podem ter efeitos colaterais indesejados como problemas de estômago ou alterações de humor.

A segunda fase de testes está em desenvolvimento no Reino Unido e nos Estados Unidos e os resultados devem estar disponíveis até o fim do ano. Se os estudos continuarem mostrando bons resultados, a droga deve estar nas farmácias em quatro anos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.