Bem-Estar

enhanced by Google
 

Gizele Monteiro

Estou grávida. Até quando posso fazer musculação?

Se receberem liberação médica e orientação especializada grávidas podem fazer exercícios até o fim da gestação

09/06/2011 11:24

  • Mudar o tamanho da letra:
  • A+
  • A-
Compartilhar:

Foto: Getty Images Ampliar

Na academia: com liberação médica e orientação adequada grávidas podem malhar até o fim da gestação

Gizele Monteiro, educadora física e diretora do Mais Vida Gestantes, programa de exercícios para pré-gravidez, gravidez e pós-parto:

Antes de se dedicar à musculação é preciso contar com a liberação do médico, pois alguns especialistas são contra a prática de exercícios em casos específicos.

Leia: O que pode e o que não pode na gravidez

Se estiver tudo certo com a saúde da grávida e do bebê e o médico der autorização para fazer exercício de força, deve-se procurar a orientação de um profissional que conheça as mudanças do período gestacional. Isso porque ele poderá realizar, com segurança, mudanças nos exercícios no decorrer dos trimestres gestacionais. Seguindo esses passos, a futura mamãe pode praticar atividades físicas até o finalzinho da gravidez.

O ideal mesmo, vale lembrar, é apostar em um programa completo de atividades, cujos objetivos diferentes se complementem de acordo com as necessidades biomecânicas e fisiológicas da gestante. Sendo assim, o treino ideal incluiria, após consulta com o médico:

1. Exercícios aeróbicos, como caminhada e bicicleta. Se já for ativa e praticante de corrida, pode continuar com a atividade, mas com uma redução do ritmo e do tempo de corrida desde o início. A finalidade é auxiliar no controle de peso e não deixar que a condição física da mulher fique prejudicada no final da gravidez.

2. Exercícios de fortalecimento, como os localizados, com elásticos ou halteres e a própria musculação. Eles ajudam a manter a força muscular, prevenir as dores comuns causadas pelo aumento de peso e amenizar as mudanças posturais

3. Exercícios de alongamento. Também são ótimos para proteger contra as dores e atenuar as mudanças da postura. Além disso, relaxam os músculos tensos.

Algumas academias oferecem programas de hidroginástica que incluem exercícios no solo (localizados e alongamento) e na água. Antes de confirmar a matrícula, é muito importante que a mulher observe se esse programa é específico para gestantes – se não for, melhor não participar da aula.

Falando ainda em contraindicações, é bom frisar que as futuras mamães (ativas ou sedentárias) devem ficar longe de atividades como lutas e exercícios com grandes amplitudes, muita pressão sobre as articulações e que envolvam torções da coluna.

Leia mais sobre gravidez:
Gravidez Semana a Semana
Relógio biológico da gravidez
Gravidez após os 40 está virando tendência social

 

    Notícias Relacionadas


    Ver de novo