Tamanho do texto

Sapatos fechados podem facilitar problemas nas unhas e também o aparecimento de calos

Inverno é tempo de deixar as sandálias, rasteiras e chinelos no armário e desfilar as botas, coturnos e sapatos fechados. As unhas vão ficar escondidas e os esmaltes coloridos nem sequer vão aparecer. Para muitas mulheres, essa é a senha para relaxar na hora de cuidar dos pés.

Leia também: Bolhas nos pés: pode estourar?

É bom lembrar, no entanto, que dentro do mais fino scarpin também cabem micoses, frieiras, calos e “cantinhos” de unhas que machucam (e muito), desacostumados com o espaço tão restrito agora enfrentado após longa temporada de folga e conforto dos calçados abertos. Por isso, é preciso arrumar um tempo para cuidar dos pés e não deixar a saúde em segundo plano.

Cuidar dos pés é essencial para amenizar os problemas do inverno
shutterstock
Cuidar dos pés é essencial para amenizar os problemas do inverno


“O brasileiro tem a cultura de só pensar nos pés por causa da estética, para exibi-los na praia e na piscina. Vem o inverno e junto com ele o desleixo”, diagnostica Orlando Madella Júnior, podólogo de São Paulo.

Esquecer de cuidar dos pés no frio é agravado por outras características do inverno, afirma o coordenador do curso universitário de podologia da Universidade Anhembi Morumbi, Armando Bega. Primeiro porque após o banho quente muitas correm para colocar as meias e proteger os pés do frio antes de secar bem a região. O resultado são mais fungos, bactérias e frieiras. Além disso, lembra ele, o uso de calçados muito fechados faz com que os pés transpirem e o ambiente úmido é ideal para micoses.

“Sem contar que nessa época do ano, as pessoas andam mais encurvadas e na defensiva por causa da temperatura mais fria. Se elas já tiverem algum problema postural, o calçado errado e um pé mal cuidado aumentam os episódios de dores lombares, dores no joelho e até dor de cabeça”, explica o professor.

Leia também: Problemas nos pés podem causar dores nas costas

Por isso, mesmo escondidos, os pés merecem toda atenção no inverno. Os dois especialistas deram seis dicas essenciais para cuidar deles na temporada de baixas temperaturas.

Acerte o pé

Vai hidratar os pés? Utilize produtos específicos para a região
shutterstock
Vai hidratar os pés? Utilize produtos específicos para a região


1) Na hora do banho, não esqueça de esfregar os pés (em especial os cantos das unhas) com uma escovinha macia e secá-los bem antes de colocar a meia;

2) Dê preferência por meias de algodão. Elas são ideais para permitir que o pé respire. Se não for possível usá-las, higienize bem os pés após descalçá-los;

3) Nem tanto ao céu nem tanto à terra. Salto muito alto e tão nocivo quanto salto nenhum. Prefira o conforto e, quando exagerar (numa festa, por exemplo), dê descanso aos pés nos dias seguintes;

4) Mesmo no inverno, procure o podologista ao menos uma vez a cada dois meses. Em casa, não cutuque as unhas e não corte os cantos delas (prefira o corte quadrado);

5) Se usar esmalte, dê um descanso para as unhas de pelo menos dois dias na semana;

6) Hidrate os pés com um creme específico para a região. Nas unhas, passe um óleo de cravo a cada três dias para protegê-las.

Leia também: Dançar de salto sobrecarrega os dedos dos pés

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.