Tamanho do texto

A pesquisa Pnad 2008, feita pelo Ministério da Saúde em parceria com o IBGE, mostrou que no ano anterior à pesquisa 3,7 milhões de pessoas sofreram algum tipo de violência e, deste total, 660 mil precisaram recorrer a algum serviço como hospital, pronto-socorro ou ambulatório.

Isso indica que todos os dias, 1.808 vítimas de assaltos, tiros, brigas e discussões acabam virando pacientes das unidades de saúde.

A mesma pesquisa ¿ que utiliza dados de 2008 ¿ mostra que uma em cada três pessoas que enfrentou algum ato violento deixou de fazer atividades habituais, como trabalhar, por causa do ocorrido.

No trânsito

A violência no trânsito também paralisa a população brasileira. Segundo a Pnad 2008, 4,5 milhões de pessoas estiveram envolvidas em algum acidente de tráfego no último ano e, deste total, 30,7% precisaram deixar compromissos e atividades habituais por causa dos acidentes.

Os dados foram divulgados hoje e fazem um raio-X da saúde do brasileiro, com informações sobre doenças crônicas, hábito de fumar, realização de exames essenciais e visita ao dentista.

Leia também:

Leia mais sobre: Pnad


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.