Tamanho do texto

Cilindro, que contará com sistema de fornecimento de oxigênio, será usado para içar os mineiros a 700 metros de profundidade

A Marinha chilena trabalha com o desenho de uma cápsula de aço de 2,5 metros de alto e 250 kg de peso que poderia ser utilizada para extrair um a um os 33 mineiros presos numa mina no norte do país.

Uma equipe técnica já trabalha na construção dessa cápsula de resgate, que será utilizada para içar os mineiros presos a 700 metros de profundidade desde 5 de agosto passado.

Segundo explicaram os técnicos da Marinha, a cápsula contará no lado externo com oito rodas na parte superior e outras oito na parte inferior, que impedirão que o cilindro bata contra as paredes durante o deslocamento.

O cilindro também contará com um sistema de fornecimento de ar, com tanques de oxigênio que permitirão um abastecimento de três horas, embora o tempo de subida de um mineiro deva levar a metade desse tempo.

A cápsula também terá um sistema de fuga de emergência caso trave dentro do túnel e não possa ser puxada ou devolvida ao fundo. A Marinha chilena ainda não tem data de entrega do dispositivo.

Saúde

No fim de semana, um dos 33 mineiros apresentou dores em um dente, enquanto outro apresentou "problema de tensão", mas que segundo as autoridades não foi provocado pelo confinamento.

De acordo com o Escritório Nacional de Emergência (Onemi), um dos trabalhadores apresenta problemas odontológicos e está com dores, sob tratamento com antibióticos.

O Onemi informou ainda que outro mineiro apresenta "problemas de tensão", mas que a situação não corresponde a um quadro depressivo gerado pelo isolamento, e sim a um problema pré-existente que agora estão se manifestando. O trabalhador também está recebendo medicamentos.

De acordo com autoridades governamentais, a alimentação que os mineiros recebem supera 2.400 calororias diárias. Depois de uma primeira etapa de reidratação, os mineiros lentamente começaram a ingerir comida normal, mas a alimentação é vigiada porque eles não podem ganhar peso para conseguir passar pelo pequeno duto de 66 centí­metros de diâmetro que está sendo construí­do para retirá-los da mina.

*Com AFP

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.