Tamanho do texto

A doença é uma das principais preocupações após as enchentes. Pessoas devem evitar contato com a água e lama das enxurradas

AgNews
Ashton Kutcher ergueu a calça para aproveitar mais ainda
Em temporada de tempestades e enchentes uma das grandes preocupações é a leptospirose . A doença é causada por uma bactéria presente na urina de ratos, ratazanas e camundongos, que circulam na água das enchentes, lama e esgoto.

Assista: Enchentes aumentam casos de leptospirose

Sua transmissão acontece pelo contato da urina com a pele ou mucosas. Assim, é importante que cidadão conheça alguns cuidados para prevenir e identificar os sintomas da doença.

Algumas dicas importantes:

* Evite o contato com a água e a lama das enchentes ou esgoto. Impeça que crianças nadem ou brinquem nesses locais que podem estar contaminados.

* Após as águas baixarem, retire a lama e desinfete o local. Deve-se lavar pisos, paredes e bancadas com água sanitária. Use duas xícaras de chá (400 ml) do produto em um balde de 20 litros de água, e deixe agir por 15 minutos. Depois disso, faça a limpeza.

Bactéria presente na urina de ratos que circulam em enchentes provoca a leptospirose
AE
Bactéria presente na urina de ratos que circulam em enchentes provoca a leptospirose
Leia também: Uso de água sanitária diminui risco de doenças das enchentes

* Pessoas que trabalham na limpeza de lama, entulho e esgoto devem usar botas e luvas de borracha para evitar o contato da pele com a água e lama contaminados (se isto não for possível, usar plásticos duplos amarrados nas mãos e nos pés).

* Para evitar a presença de roedores, deve-se manter os alimentos guardados em recipientes bem fechados, resistentes e distantes do chão; manter a cozinha limpa e sem restos de alimentos; retirar as sobras de alimento ou ração dos animais domésticos antes de anoitecer; evitar o acúmulo de entulhos e objetos sem uso no quintal e dentro da cozinha; manter os terrenos baldios e margens dos rios limpos e capinados; guardar o lixo em sacos plásticos bem fechados e em locais altos até a coleta ocorrer.

É importante conhecer os sintomas da leptospirose para identificar os primeiros sinais e procurar atendimento médico adequado.

Os principais sinais são febre , dor de cabeça, e dores pelo corpo, especialmente na panturrilha. Também aparecem sintomas como vômitos, diarreia e tosse . Nos casos mais graves também podem ocorrer o amarelamento da pele e dos olhos.

Os indícios das doenças das enchentes podem aparecer logo no dia seguinte ao contato com a urina do roedor ou demorar mais de 20 dias para aparecer .

Normalmente, eles começam a aparecer de uma a duas semanas depois da exposição à situação de risco. Se houver contato com a água ou a lama da enchente, ou ingestão de alimentos suspeitos, é importante ficar atento ao aparecimento de sintomas por pelo menos 40 dias, prazo máximo para o surgimento de sinais da doença.

Leia: O risco de consumir alimentos contaminados por água de enchentes

Ao identificar os sintomas da leptospirose deve-se procurar atendimento médico imediato. Não se automedique - apenas o médico pode diagnosticar a doença e indicar o tratamento adequado.

Com Agência Saúde, Ascom/MS

Luiz Morier / Agência O Globo
Siga lendo sobre cuidados na temporada de chuvas e dengue:

O risco do consumo de alimentos contaminados por enchentes

O que é dengue

Os exames para detectar a dengue

Dengue está mais perigosa no Brasil

Cuidados ao usar produtos para combater dengue

As doenças que mais levaram brasileiros ao hospital em 2011

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.