Tamanho do texto

Com o transplante, Leanne poderá deixar de fazer hemodiálise e ter "vida normal"

selo

Leanne e Kennedy: amigo e padrinho foi doador do rim
Caters News Agency
Leanne e Kennedy: amigo e padrinho foi doador do rim
Uma mulher com sérios problemas renais teve sua vida mudada depois de receber um rim do padrinho de seu casamento. Desde 2007, depois de sofrer falência renal, Leanne Stefanovic, de 31 anos, era obrigada a se submeter a sessões diárias de nove horas de diálise. Sem as sessões, ela correria risco de morte.

SIGA O IG SAÚDE NO TWITTER

Mas a situação mudou na semana passada, quando fez o transplante de órgão . Ela recebeu um rim de Stuart Kilgannon, de 39 anos, padrinho de casamento da britânica, ocorrido no Chipre, em 2011.

O marido de Leanne, Shaun Stefanovic, e outros familiares constataram, em exames, que seus órgãos não eram compatíveis para serem usados em um possível transplante. "Me sinto normal de novo. Não pensei que ia me sentir tão bem tão rapidamente", disse Leanne após a operação. "Tenho muito o que agradecer a Stuart agora."

Recuperação

Leanne, o marido e o padrinho são da região de East Yorkshire, no nordeste da Inglaterra. A operação de transplante de rim foi realizada no hospital St James, na cidade de Leeds. O doador, Kilgannon sentiu fortes dores logo após a operação e pegou uma infecção durante a recuperação, mas já conseguiu passar o final de semana em casa. "É difícil descrever, mas é um sentimento fantástico", disse o doador.

"Já vi a Leanne e ela parece dez anos mais jovem. O funcionamento do rim dela está melhor que o meu. Ver como ela está é inacreditável", acrescentou. Leanne precisará tomar remédios contra rejeição para o resto da vida, mas não precisará voltar a fazer diálise.

Kilgannon é amigo do marido, Stefanovic, que o visitou logo após a doação. "Vi Stuart (Kilgannon) logo depois, choramos juntos", disse o marido de Leanne. "Não consigo expressar em palavras o que ele fez por nós. Como você agradece a uma pessoa que faz isso por sua esposa? Ele é meu herói."

"Stuart está sentindo muita dor, mas ele está animado e todos nós estamos muito alegres", disse Debbie Kilgannon, mulher do doador. "É um presente excelente (dado por Stuart). Estou muito orgulhosa dele", acrescentou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.