Tamanho do texto

Campanha de vacinação começa dia 5 e só termina dia 25 de maio. Em 2011, 84% da população alvo receberam imunização

Idosos estão no grupo que será vacinado
Divulgação
Idosos estão no grupo que será vacinado
O Ministério da Saúde pretende imunizar 24 milhões de brasileiros contra a gripe este ano. A campanha de vacinação vai começar no dia 5 de maio e só terminará no dia 25. Em geral, a imunização ocorre em abril, mas por conta dos feriadões de Páscoa e Dia do Trabalho, o governo decidiu adiá-la.

Siga o iG Saúde no Twitter

De acordo com o secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, a grande maioria das internações em consequência de casos graves de influenza se dá entre os meses de julho e agosto. Nos estados do Norte e Nordeste, o período se antecipa em um mês. Segundo Barbosa, o número de internações por casos graves diminuiu 44%, de 9.383 em 2010 para 5.230 no ano passado.

“Em 2011, tivemos redução de 64% de óbitos e 44% de internações geradas pela influenza, graças à expansão da campanha de vacinação, envolvendo não só grupos tradicionais; e a mudança de protocolo, ampliando o uso do antigripal (oseltamivir), que foi decisiva para a redução óbitos”, afirmou o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

A vacina que será aplicada nos 65 mil postos do Sistema Único de Saúde (SUS) protege contra três tipos de vírus que circulam no Hemisfério Sul: influenza A (H1N1 e H3N2) e influenza B. Segundo Barbosa, 53 pessoas morreram em decorrência da H1N1 em 2011. Em 2009, época da pandemia, o número chegou a 2.080.

Público alvo

Os idosos (com mais de 60 anos de idade) têm prioridade na vacinação, assim como as crianças com idade entre 6 meses e 2 anos. Além deles, o Ministério da Saúde pretende vacinar os profissionais de saúde, as gestantes, os indígenas e os presos, que entram na campanha pela primeira vez. Cerca de 500 mil presidiários deverão ser vacinados. O secretário Jarbas Barbosa fez questão de reafirmar que todas as grávidas podem ser vacinadas com segurança.

É importante lembrar que as crianças do público-alvo devem tomar duas doses da vacina. A segunda, 30 dias após a primeira. No entanto, as que já tiverem tomado a vacina no ano passado, só precisam de mais uma este ano.

Contraindicações

Não deve tomar a vacina quem tem alergia à proteína do ovo. Pessoas com deficiência na produção de anticorpos, seja por problemas genéticos, imunodeficiência ou terapia imunossupressora, devem consultar o médico primeiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.