Tamanho do texto

A asma é a primeira consequência da poluição. No longo prazo, ela pode aumentar os casos de câncer e doenças cardíacas

BBC

A poluição recorde registrada na China, em níveis 40 vezes maiores que o limite considerado saudável pela Organização Mundial da Saúde, já está cobrando seu preço da saúde da população.

Hospitais estão repleto de pessoas – em especial crianças –, que sofrem para respirar o ar insalubre da capital chinesa.

A asma é só a primeira consequência da poluição. No longo prazo, a inalação de poluentes pode aumentar os casos de câncer e doenças cardíacas.

A poluição virou tema central da imprensa chinesa e um desafio para o governo, cuja prioridade nas últimas décadas tem sido o crescimento econômico. Metade de todo o carvão do mundo é queimado pelos chineses, para virar energia. E os milhões de carros que entopem as ruas só aumentam a poluição.

O novo líder do país, Xi Jinping, que neste ano assume o comando do país, já não conseguirá ignorar o problema. E terá de avistar mais longe, muito além do horizonte tóxico e cinzento de Pequim.


Leia mais notícias de saúde

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.