Tamanho do texto

Técnica permite a transferência dos genes de pais que tenham apresentado doença degenerativa para o óvulo de uma doadora saudável

BBC

O governo britânico declarou apoio à técnica pioneira de fertilização in vitro que permite a transferência dos genes de pais que tenham apresentado doença mitocondrial para o óvulo de uma doadora saudável.

Entenda: Cientistas britânicos apoiam uso de DNA de três pessoas em fertilização

A doença mitocondrial é degenerativa e tende a matar bebês em poucos meses. Críticos afirmam que a técnica é antiética, já que o novo óvulo fecundado também carrega pequenas partículas do DNA da doadora.

Leia: Mulher descobre doença genética rara após perder sete filhos

O governo britânico aguarda apenas os testes finais para legalizar o procedimento, que estará disponível para casais em até dois anos.

Assista ao vídeo:

Leia mais notícias de saúde

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.