Tamanho do texto

Sem maldade ou má vontade, pessoas próximas podem arruinar seu plano de emagrecimento. Saiba como não cair na tentação de exagerar nas calorias ao lado delas

A dieta passada pelo nutricionista corresponde a todas suas expectativas e, com o firme propósito de perder peso de maneira saudável, você já está psicologicamente preparado para segui-la à risca. Mas haverá situações em que suas companhias não colaborarão muito para que os objetivos sejam atingidos – afinal de contas, elas não têm obrigação de fazer uma dieta restritiva por sua causa.

Conheça um programa de dieta

Deixar essas pessoas queridas ou do convívio diário de lado? Abandonar o objetivo de perder peso? De jeito nenhum! “A vida social não pode acabar com a dieta, e a dieta não pode acabar com a vida social”, defende Mariana Cordova, nutricionista especializada em reeducação alimentar e emagrecimento da Nutrissoma Clínica de Nutrição.

Dietas: veja as dietas mais eficazes e saudáveis

Esta é a hora de ter muita força de vontade e, com autonomia, adequar as opções das ocasiões às calorias que podem ser ingeridas. “Sempre é possível fazer escolhas inteligentes para não sabotar a dieta”, garante a nutricionista Paula Zubiaurre,do Centro da Obesidade e Síndrome Metabólica do Hospital São Lucas da PUCRS.

As duas nutricionistas explicam quem são esses sabotadores de dieta e como lidar para manter a linha ao lado deles em cada situação.

COLEGAS DE TRABALHO

Situação de risco 1: happy hour

As grandes vilãs das reuniões com os colegas depois do expediente são as bebidas alcoólicas, que têm calorias vazias e abrem o apetite. Os alimentos disponíveis para saciar a fome também são prejudiciais à dieta, já que as calóricas frituras (batata, mandioca e porções de bolinhos) são o pedido coletivo mais comum e ficam tentadoramente disponíveis na mesa.

Como não sair da dieta: Faça um lanche antes de sair do escritório e, no bar, evite o álcool e beba sucos naturais menos calóricos (limão, abacaxi e maracujá, por exemplo). Se quiser beliscar alguma comidinha, escolha uma porção individual de queijo cru ou de pepininhos.

Situação de risco 2: almoço em restaurante por quilo

Ao olhar aquele buffet tão variado, dá vontade de encher o prato com um pouco de cada alimento, de saladas a massas, na ordem em que eles estão dispostos. O resultado seria uma explosão de calorias que fugiria completamente de qualquer recomendação médica para o emagrecimento.

Como não sair da dieta: Antes de fazer o prato, analise todo o buffet. Comece a montagem de seu almoço pelas saladas (à vontade) e então escolha um tipo de carboidrato (arroz, batatas ou massa) e um de carne (dê preferência às grelhadas). Para a sobremesa, pegue frutas.

AMIGOS

Situação de risco: reunião em rodízio de carnes ou de pizza

No primeiro caso, as carnes são oferecidas incessantemente, muitas vezes com aquela suculenta capa de gordura, e o prato nunca fica vazio. No segundo, garçons surgem com novos sabores a todo minuto e o receio de “perder” aquele pedaço da pizza favorita torna difícil a tarefa de dizer não. Perder o controle do consumo de calorias é facílimo.

Como não sair da dieta: Faça um lanche ou mesmo uma refeição em casa e chegue ao restaurante uma hora depois do horário marcado. Se a turma não for das mais pontuais, aumente o atraso para duas horas. O pico do consumo coletivo já terá passado e você poderá beber um suco e curtir a companhia dos amigos.

FILHOS/CRIANÇAS

Situação de risco 1: refeição em praça de alimentação de shopping

As escolhas das crianças são quase sempre por fast-food e sorvetes – ou seja, pelo que há de mais gorduroso e calórico. Ficar com elas nas filas desses restaurantes, olhando as fotos daqueles lanches ou doces apetitosos e sentindo o cheirinho deles pode despertar uma vontade enorme de quebrar a dieta e fazer de conta que as calorias não existem.

Como não sair da dieta: Resista à tentação e inverta o jogo. Aproveite a oportunidade para ensinar às crianças que existem opções mais saudáveis na praça, como os restaurantes de comida caseira. Além de não quebrar sua dieta, a novidade abre espaço para elas adquirirem hábitos alimentares melhores.

Situação de risco 2: festa de aniversário infantil

O cardápio não poderia ser mais calórico: coxinhas, bolinhas de queijo e esfihinhas à vontade no coquetel, uma refeição completa perto da hora do “Parabéns” e docinhos à base de leite condensado (brigadeiro, beijinho, cajuzinho e bicho de pé, para ficar só nos mais populares). E ainda tem o bolo. Impossível uma pessoa em dieta de emagrecimento comer tudo que lhe for oferecido e respeitar os limites de calorias do dia. Ou dos dois próximos dias.

Como não sair da dieta: Em primeiro lugar, não vá com fome. Faça um lanche em casa antes e pule a refeição principal da festa. Converse com seu nutricionista para saber a quantidade de salgadinhos e de docinhos que cabe em uma refeição de sua dieta. E evite refrigerantes e cerveja - beba água ou sucos para matar a sede.

NAMORADO(A)/NOIVO(A)/CÔNJUGE

Situação de risco 1: jantar romântico

Os restaurantes servem os pratos prontos, o que impede que você monte sua refeição calculando calorias. Mas a vida sentimental não deve ser sacrificada por causa da dieta, então as nutricionistas afirmam que dá para sair um pouquinho das restrições nesta ocasião.

Como não sair tanto da dieta: Escolha os pratos que tenham menos calorias. No caso das massas, quanto menos molho, melhor. Entre as carnes, as grelhadas são as ideais. E se der para substituir o arroz por legumes cozidos, o faça. A bebida pode ser um suco ou vinho.

Situação de risco 2: sessão de cinema

Faz parte da cultura brasileira entrar na sala de cinema com baldes de pipoca e de refrigerante e saquinhos de balas. Há ainda a possibilidade de comer um cachorro-quente durante o filme. Todas opções supercalóricas e que não estão em nenhuma dieta de emagrecimento.

Como não sair da dieta: Como em outras situações, não chegue ao local com fome. O cheiro da pipoca pode ser sentido metros antes da lanchonete e é realmente tentador para quem está com o estômago vazio. Se o seu hábito de mastigar alguma coisa enquanto assiste a um filme for realmente muito forte, leve de casa frutas cortadas e suco ou água.

FAMILIARES

Situação de risco: reunião ou festa na casa de um parente

Os anfitriões fazem questão de preparar bastante comida e os convidados levam petiscos e sobremesas para ajudar a encher a mesa. Todos querem que todos pelo menos provem o que levaram, e comer bastante mostra que a pessoa está se sentindo confortável. Simplesmente evitar as opções mais calóricas, para seguir sua dieta, pode deixar muitas pessoas magoadas.

Como não sair da dieta: Trata-se de uma situação em que você pode se sentir confortável – afinal, está em família. Portanto, explique que está em dieta de emagrecimento para melhorar sua saúde e peça a compreensão daqueles cujos pratos você precisará pular. Leve saladas e frutas para não depender do que os outros escolheram preparar.

    Leia tudo sobre: dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.