Tamanho do texto

Da palidez à fraqueza muscular, confira sintomas que indicam que um problema renal deve ser investigado o quanto antes

Um em cada dez brasileiros adultos tem algum grau de perda das funções do rim. Um índice que quintuplica na população acima dos 65 anos. Quem tem Doença Renal Crônica (DRC) depende de uma máquina de hemodiálise que filtra todo o sangue do corpo – função antes sempre delegada ao rim – para que haja vida.

A Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN) alerta que existem 100 mil brasileiros fazendo diálise e estima-se que o gasto anual com a esse procedimento esteja em torno de R$ 2,2 bilhões. Mesmo mapeados os fatores de risco (hipertensão arterial, o diabetes mellitus, obesidade, tabagismo e presença de história familiar), a maioria das pessoas só descobrem que estão com os rins lesionados já quando não há chance de cura.

Por isso, é importante ficar atento. Veja, nas imagens abaixo, dez sinais de que seu rim pode não estar em pleno funcionamento:

Leia também:  Rins ajudam a produzir vitamina D


Prevenção

O urologista do Hospital Santa Paula, Mario Augusto Delgado, listou cinco dicas que ajudam a prevenir o desenvolvimento de doenças renais. Confira:

  1. Beba muita água. Manter o corpo hidratado faz com que os rins filtrem melhor o sangue e as impurezas e, dessa forma, evita a formação de cálculos;
  2. Evite a automedicação de analgésicos, pois podem sobrecarregar os rins. Sempre consulte um médico;
  3. As bebidas alccólicas são altamente tóxicas e prejudicam o funcionamento anormal dos órgãos. Por isso, é importante limitar a ingestão;
  4. Vá ao médico com frequência e mantenha os exames médicos em dia, pois eles podem te auxiliar a detectar alguma disfunção;
  5. Pratique exercícios físicos periodicamente e adote uma dieta balanceada, com o consumo controlado de sal e gordura. Manter uma vida saudável auxilia no bom funcionamento dos rins.

Leia mais notícias de saúde

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.