Tamanho do texto

Pela primeira vez, técnica foi usada para substituição completa do crânio, que aumentava de tamanho e pressionava cérebro

Após uma cirurgia que durou 23 horas, uma holandesa se tornou a primeira pessoa a receber uma prótese plástica em reposição total ao crânio. Mulher sofria de uma condição rara que fazia com que o crânio ficasse mais espesso. Isso causava fortes dores de cabeça e fazia com que o cérebro fosse pressionado pelo crânio.

Prótese desenvolvida em impressora 3D foi implantada em paciente na Holanda
Reprodução/ vídeo UMC Utrecht
Prótese desenvolvida em impressora 3D foi implantada em paciente na Holanda

A prótese que substituiu o crânio da paciente foi feita em uma impressora 3D. Próteses como esta já haviam sido usadas para substituir partes do crânio, mas a cirurgia realizada no Centro Médico Universitário de Utrecht, na Holanda, foi a primeira a fazer a substituição total do crânio.

De acordo com os neurocirurgiões, a técnica pode ser usada também em pacientes com danos severos ao crânio, ou tumores.

Três meses após a conclusão da cirurgia, a paciente não apresenta mais os sintomas, e inclusive já voltou ao trabalho. "É praticamente impossível ver que ela fez a cirurgia um dia”, disse Bon Verweij, neurocirurgião, ao Daily Mail.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.