Tamanho do texto

A pasta afirmou que vai fazer uma auditoria nas contas da entidade e que pode liberar novos recursos; o atendimento de urgência foi interrompido na terça por falta de medicamentos

O secretário de Saúde de SP, David Uip,  afirmou , nesta quarta (23) que vai liberar R$ 3 milhões para que a Santa Casa de Misericórdia de São Paulo reabra o pronto-socorro já nas próximas horas. Ele também sinalizou que, caso necessário, novos aportes poderão ser destinados para a entidade e que pretende fazer uma auditoria nas contas da instituição.

Pacientes encontraram portões fechados e faixa explicando motivo do fechamento
Marcos Bezerra/Futura Press
Pacientes encontraram portões fechados e faixa explicando motivo do fechamento

Na terça-feira (22) Santa Casa de São Paulo interrompeu atendimento de urgência e emergência por a falta de recursos para aquisição de medicamentos. A instituição, que fica na região central de São Paulo, no bairro de Santa Cecília, é um hospital filantrópico privado, financiado pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e pelo governo do estado. Os pacientes não têm o atendimento cobrado.

A Santa Casa, o maior centro de atendimento filantrópico da América Latina, está com o pronto-socorro fechado e também suspendeu as cirurgias eletivas e os exames laboratoriais, afetando em torno de 6 mil pessoas. Só no atendimento de emergência passam em média 1,2 mil pacientes por dia. Foram mantidos apenas o acompanhamento dos internados e as consultas já agendadas.

*Com informações da Agência Brasil

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.