Tamanho do texto

Podem participar pessoas de 18 a 65 anos com depressão unipolar ou bipolar, não é preciso encaminhamento médico

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, ligado à Secretaria de Estado da Saúde e maior complexo hospitalar da América Latina, abriu 200 vagas para tratamento e pesquisa de depressão.

Cenário: Depressão atinge 10% da população, mas SUS não consegue diagnosticar

Homens e mulheres, de 18 a 65 anos de idade, que já tenham sido diagnosticados com depressão unipolar (não sofre alternância no estado de humor) e bipolar (pacientes depressivos que já apresentaram episódios de mania ou alternância de humor) podem participar do estudo, e terão tratamento gratuito.

Índices: Transtorno de ansiedade e depressão em SP é igual a de país em guerra

O Serviço Interdisciplinar de Neuromodulação do Instituto de Psiquiatria do HC realiza pesquisas em neuromodulação desde 1999, investigando e utilizando esta forma de tratamento para os principais transtornos mentais.

A neuromodulação é um tratamento não invasivo, com tecnologia avançada que usa estimulação magnética para modular o sistema nervoso.

Para se candidatar basta preencher o formulário no site www.sin.org.br/pesquisa ou mandar e-mail para pesquisa.depressao@gmail.com. Não é preciso encaminhamento médico.

Veja alimentos que podem aliviar sintomas de depressão:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.