Tamanho do texto

Ele será levado para os Estados Unidos para fazer o tratamento

Reuters

Um cinegrafista freelancer norte-americano que trabalha para a NBC News na Libéria testou positivo para o vírus Ebola e será levado de volta aos Estados Unidos para tratamento, afirmou a emissora nesta quinta-feira em reportagem online.

Leia também:  Mais de 80 pessoas podem ter sido expostas a 1º paciente com ebola nos EUA

Acredita-se que o diagnóstico do freelancer, contratado no início desta semana para trabalhar com a editora de assuntos médicos e correspondente, doutora Nancy Snyderman, seja o primeiro caso de um jornalista norte-americano infectado com a doença mortal desde o início do surto atual na África Ocidental.

Veja fotos da epidemia na África Ocidental:

Leia mais notícias de saúde

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.